DER-RJ instala novos radares na Região dos Lagos

Wellington Serrano –

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) segue em ritmo acelerado no processo de substituição e instalação de novos radares em toda a malha rodoviária estadual. Nessa semana equipes finalizaram a implantação de mais um equipamento de fiscalização eletrônica, desta vez na RJ-106, em Iguaba Grande, na Região dos Lagos.

Ao todo serão instalados 87 aparelhos na rodovia, que possui 200 km de extensão e liga os municípios de São Gonçalo a Macaé. Outra via de extrema importância para a região, a RJ-140, será beneficiada com a colocação de 16 novos radares. O investimento total para atender toda a malha rodoviária estadual está calculado em R$ 33 milhões.

Após a realização de estudos técnicos, quando diversos fatores foram avaliados, o órgão definiu os locais nos quais os equipamentos estão sendo instalado. Pontos com alto índice de acidentes, densidade demográfica elevada, proximidade de escolas, hospitais e trechos com frequentes atos de desrespeito à sinalização foram priorizados.

Os serviços estão sob supervisão da Diretoria de Operação, Monitoramento e Controle de Trânsito do DER-RJ. “Os dispositivos têm a função de educar e proteger os motoristas e motociclistas, já que esses equipamentos contribuem para a segurança dos condutores e também dos pedestres e ciclistas”, esclareceu José Luis Teixeira, diretor da divisão.

Após o término do antigo contrato, o órgão concluiu o processo licitatório para instalação de novos equipamentos, mais modernos e respeitando a portaria 504 do Inmetro. Iniciado no final de novembro, o procedimento que envolve substituição, testes e funcionamento deverá estar totalmente concluído em até 120 dias.

“Importante ressaltar que parte dos recursos arrecadados com as multas será direcionado para execução de melhorias na malha rodoviária. Desde a pavimentação, reforço de sinalização e outras medidas que proporcionem a melhoria da segurança e trafegabilidade das rodovias”, explicou José Luís Teixeira.

No caso específico da RJ-106, um dos acessos ao município de Maricá, mais três pontos podem ser observados no percurso entre Tribobó e a primeira entrada da cidade. O primeiro deles está na chegada ao Rio do Ouro, no Km 5, onde a base para receber os equipamentos foram instalados nos dois sentidos da via. O segundo ponto está na chegada ao Cajueiro, no KM 17, também em ambos os sentidos. Já o terceiro ponto com radar está próximo a entrada principal de Maricá, na pista sentido Região dos Lagos.

Sobre as câmeras que foram instaladas nos portais da entrada da cidade, na RJ 106, a Prefeitura respondeu que “além das 30 câmeras em operação controladas pelo Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), a Prefeitura assinou em setembro um contrato para a implantação de um sistema eletrônico de monitoramento com outras 72 câmeras com reconhecimento ótico de caracteres. O sistema ainda está em fase de implantação e são câmeras de segurança”.

Segundo informações, o cerco eletrônico inteligente registra a foto de todos os veículos que passarem pelas barreiras e as placas serão lidas pelo equipamento, que armazenará a informação na base de dados. Caso haja uma restrição de furto, roubo ou mesmo um indicativo de suspeita emitido pelas forças de segurança, será disparado um alerta na Central de Videomonitoramento da Secretaria de Segurança, Ordem Pública e Trânsito no GGIM.

“As câmeras reconhecem placas, identidades variadas dos veículos (adesivos, por exemplo), recebem informações sobre delitos e promovem de forma automática ou induzida, vários cruzamentos associativos, apontando veículos utilizados em crimes, clonados, furtados ou roubados”, detalha o secretário de Segurança Celso de Almeida Netto Celso Neto. “É uma inovação. O sistema aprende com experiências, dados e experiências geográficas cadastradas. Isso permite contextualizar o comportamento e a dinâmica criminal, possibilitando traçar estratégias de defesa”, concluiu o secretário.

Um comentário em “DER-RJ instala novos radares na Região dos Lagos

  • 4 de fevereiro de 2019 em 17:59
    Permalink

    As estradas estão péssimas, já andamos quase parando, se corrermos um pouco estaremos nos prejudicando pq são tantos buracos, pistas sem acostamento que o perigo é constante, aí vem esses desonestos tentar tirar dinheiro do bolso de trabalhadores, construam mais passarelas , faltam realmente tudo, menos radares, e é só que nos dão….🤬🤬🤬

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *