Deputados federais tomam posse em Brasília

Anderson Carvalho –

O 513 deputados federais eleitos no pleito de outubro, entre os quais seis do Leste Fluminense, foram empossados ontem na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF). Carlos Jordy (PSL), Talíria Petrone (PSOL) e Chico D’Ângelo (PDT), de Niterói; Flordelis (PSD), de São Gonçalo; Altineu Côrtes (PR), de Itaboraí, Felício Laterça (PSL), de Macaé e morador de Niterói; e Soraya Santos (PR), nascida em Niterói e com base eleitoral em Macaé, lutarão pelos interesses da população da região. Depois, houve eleição para presidente da Casa e Rodrigo Maia foi reeleito no primeiro turno, com 334 votos, após formar ampla aliança.

Alinhado ao Governo Jair Bolsonaro, Maia, teve apoio de boa parte da bancada do PSL e de partidos de esquerda, como o PDT e PC do B, além de 13 legendas de centro. Entre os demais candidatos, Fábio Ramalho (MDB-MG), obteve 66 votos; Marcelo Freixo (PSOL), 50; João Henrique Caldas (PSB-AL), 30; Marcel Van Hatten (Novo-RS), 23; Ricardo Barros (PP-PR), 4; e Sargento Peternelli (PSL-SP), 2.
Numa mostra que a nova legislatura será marcada pela polarização, as bancadas do PSL (com 52 deputados), PSOL (dez) e do PT (56) se destacaram, com, aplausos, vaias e manifestações, como placas de “Lula Livre”. Às 11h43, o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), abriu o registro da presença dos parlamentares e suspendeu a sessão. Foram empossados 243 deputados novos (como Jordy, Talíria e Flordelis) e 270 reeleitos (como Soraya, Chico e Altineu).

Na abertura, Maia pediu um minuto de silêncio pela morte do deputado federal eleito Wagner Montes (PDT), que morreu no último dia 26. Na vaga dele foi empossado o suplente Jorge Braz de Oliveira (PRB-RJ). Também informou a renúncia do deputado Jean Wyllys (PSOL). No lugar dele assumiu o suplente David Miranda (PSOL-RJ). Após responderem à chamada individual, os parlamentares fizeram o juramento de obediência à Constituição Federal.

Jordy e Talíria reeditarão os embates ideológicos que tiveram na Câmara Municipal de Niterói, nos últimos dois anos, onde ambos foram vereadores. Soraya inicia o segundo mandato prometendo lutar pelo Leste Fluminense e os direitos das mulheres. Altineu também inicia o segundo mandato, visando disputar de novo a Prefeitura de Itaboraí em 2020.

No final da tarde, sete parlamentares se inscreveram para disputar a Presidência da Casa. À noite, houve votação secreta para presidente, vice-presidente e secretários. O mandato é de dois anos. Maia disputou a reeleição ao cargo. Além dele também se inscreveram Fábio Ramalho (MDB-MG), João Henrique Caldas (PSB-AL), Marcel Van Hattem (Novo-RS), Marcelo Freixo (PSOL-RJ), Ricardo Barros (PP-PR) e General Peternelli (PSL-SP). Até o fechamento desta edição, ainda não tinha encerrado a votação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + cinco =