Deputados cobram investimentos em segurança, turismo e na indústria naval de Niterói

Cerca de 200 pessoas participaram de um bate papo promovido pelo Partido dos Democratas (DEM), no bairro de São Francisco, em Niterói. O encontro serviu para que o deputado estadual Milton Rangel e a deputada federal Laura Carneiro, ambos do partido, prestassem contas de seus respectivos mandatos à população de Niterói. Os parlamentares cobraram investimentos na segurança, no turismo e na recuperação da indústria naval, duas das principais fontes de geração de emprego e renda no município.

Organizador do evento, o presidente do DEM em Niterói, Alexandre Raposo, chamou a atenção para o aumento da violência na cidade, agravada pela crise econômica que se abateu sobre o Estado do Rio. “Passamos pelo pior momento político da história recente desse país. Uma crise ética que atingiu o nosso município. Niterói que já foi conhecida como a ‘Cidade Sorriso’, agora chora diante da insegurança provocada pelo aumento da criminalidade”, alertou Raposo.

Pré-candidato à reeleição, em outubro, o deputado estadual Milton Rangel disse que é preciso ir além da intervenção federal para combater a violência no estado. ” Não produzimos armas e drogas. Elas entram por vias aéreas, rodoviárias, marítimas e fluviais que deveriam estar sendo patrulhadas pelas forças federais. Infelizmente, a segurança foi severamente comprometida com o desaparelhamento de todos os mecanismos de controle, das polícias federal, rodoviária e a Receita Federal, nos 13 anos de gestões petistas”, afirmou Rangel.

Como relatora da CPI do Narcotráfico, a deputada federal Laura Carneiro defendeu mais investimentos na segurança pública de Niterói. “A UPP da Rocinha tem mais policiais do que Niterói inteira. O município que já teve 1.200 policiais nos batalhões e hoje tem a metade”, criticou a parlamentar, que aproveitou o encontro partidário para lembrar da importância do incentivo ao turismo. “Todos os grandes países europeus cresceram investindo neste setor. Niterói precisa trilhar o mesmo caminho”, ressaltou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + 20 =