Depois da Bahia e Miracema, Defesa Civil de Niterói já está trabalhando em Petrópolis

Conforme A TRIBUNA antecipou na edição de quarta-feira (16) a Prefeitura de Niterói enviou uma equipe da Defesa Civil e Geotecnia para Petrópolis, na Região Serrana, para ajudar nas equipes locais. A cidade foi parcialmente destruída após um temporal, no dia 15, que deixou mais de 100 mortos e dezenas de desaparecidos. A Polícia Civil está trabalhando para agilizar o reconhecimento e a liberação de corpos

Os bombeiros estão no terceiro dia de buscas e mais de 20 pontos de deslizamento foram registrados em toda a cidade. Apenas no morro da Oficina, no Alto da Serra, um dos locais mais atingidos, dezenas de casas foram soterradas. Há ainda casos de pessoas que foram levadas pelas cheias nas ruas. Mais de 300 pessoas tiveram que deixar suas casas e estão acolhidas em abrigos ou casas de parentes e amigos.

A Prefeitura de Niterói informou que técnicos em engenharia e geologia que participaram do resgate e socorro emergencial em enchentes recentes, na Bahia e no Noroeste do estado, em Miracema, vão apoiar as equipes locais no trabalho de resgate das vítimas da enchente. A equipe ainda vai avaliar as áreas atingidas e fazer vistorias nas estruturas atingidas.

“Temos uma equipe técnica bem treinada e preparada para as atividades diárias que nós fazemos. Também temos técnica e protocolos bem definidos. Esses são instrumentos que facilitam o mapeamento de encostas e de grandes áreas sujeitas a deslizamentos. Isso é importante para a prefeitura local. Assim, ela saberá exatamente para onde deve mandar os moradores e se estes podem regressar para suas casas”, contou o secretário e tenente-coronel Walace Medeiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.