Demissão de rodoviários em massa

Desde outubro do ano passado a viação Ingá vem arrastando uma crise com a demissão, na época, de 100 funcionários. E na manhã dessa segunda-feira (31) a medida se repetiu e a demissão em massa de 250 rodoviários chamou atenção do Sindicato dos Rodoviários de Niterói a Arraial do Cabo (Sintronac), que representa os trabalhadores. As demissões vieram no momento nada oportuno já que a categoria negocia justamente melhores condições de trabalho inclusive com negociações com Ministério Público do Trabalho (MPT), através de audiências de conciliação, para decretar ou não greve.

A garagem da viação ficou repleta dos funcionários que foram pegos de surpresa com a demissão. “A empresa prometeu pagar tudo e vamos ganhar o aviso prévio, o FGTS e o seguro desemprego. Vai ser proposto um acordo na homologação e o sindicato está ajudando os trabalhadores”, comentou um rodoviário que não se identificou.

O presidente do Sintronac, Rubens dos Santos Oliveira, disse que foi pego de surpresa com essa triste notícia. “Quando soubemos das demissões fomos direto para a garagem. Vai ter uma negociação através de uma reunião com a diretora da empresa. Estranhamos essa atitude no momento que há uma negociação e há uma audiência de conciliação marcada no Ministério Público”, frisou.

Em apuração…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − cinco =