Delegacia de Homicídios lança campanha Natal Solidário

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSG) divulgou hoje (13) a campanha Natal Solidário. A especializada arrecadará alimentos não perecíveis, roupas e brinquedos para serem distribuídos a famílias carentes em comunidades sob circunscrição da especializada. Além dos policiais, qualquer pessoa da população pode ir até a sede em Niterói, na Rua Desidério de Oliveira, no Centro, e realizar as doações.

“A campanha foi iniciada ontem mesmo aqui na unidade. A princípio nós iremos atender a Comunidade do Sabão próxima aqui da unidade, mas podemos estender para outras a depender do volume das doações. Qualquer localidade dentro da circunscrição pode ser agraciada”, informou o chefe de polícia Bruno Salomão.

Ontem (12), no celebrado Dia das Crianças, oito policiais da Delegacia de Homicídios lotaram as malas de duas viaturas com livros, bolas de futebol, bonecas e bonecos junto de acessórios, carrinhos, velotróis, caminhões e tratores de brinquedo, maquiagem, cornetas pequenas e brinquedos de pelúcia. A ação alegrou o dia de crianças da Comunidade do Sabão, em Niterói.

“A intenção é a de desmistificar a visão que se tem da polícia, principalmente nas comunidades mais carentes. Na realidade, o que se tem por detrás das vestimentas operacionais, são pessoas comuns da sociedade, pais e mães de família e que, como qualquer um, tem compaixão pela necessidade material alheia. Ninguém gosta de entrar nas comunidades e verificar que falta o essencial, o básico para se viver. Então, o que pudermos fazer para ajudar, faremos. Vai muito além da política de segurança. É questão de humanidade mesmo”, declarou o delegado titular da DH , Bruno Cleuder.

Divulgação

Polícia Militar

A Polícia Militar também realizou uma operação especial na manhã da última segunda-feira. Agentes da 4ª Companhia Destacada de Santa Izabel, do 7º Batalhão (São Gonçalo), foram até os bairros de Santa Izabel, Ipiíba e Anaia onde distribuíram a crianças diversos tipos de brinquedos, um total de 200. Os itens foram comprados pelos próprios policiais. Os agentes foram aplaudidos pela população.

Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 9 =