Defesa Civil e lideranças comunitárias discutem planejamento para situações de emergência de chuvas

Uma reunião emergencial virtual com as principais lideranças comunitárias da cidade foi realizada na manhã desta quinta-feira (13) com a participação de integrantes da Secretaria Municipal de Defesa Civil e Geotecnia de Niterói . Na pauta, iniciativas para a prevenção a desastres e resposta ao período de chuvas.

De acordo com o órgão, este verão tem sido um período de chuvas atípicas por conta das condições meteorológicas que vem afetando gravemente algumas localidades, como Bahia, Minas Gerais e mais recentemente, o Noroeste do Estado do Rio de Janeiro. A Defesa Civil de Niterói desenvolveu um protocolo voltado às associações de moradores no processo de prevenção e preparação para eventuais emergências relacionadas às chuvas.

O secretário de Defesa Civil, Walace Medeiros, ressaltou o papel fundamental das lideranças comunitárias, funcionando como elo entre as ações do poder público e a comunidade.

“As lideranças e a comunidade são quem tem a capacidade de dar o primeiro atendimento, além de ser um grupo qualificado por conhecerem como ninguém as características dos locais onde residem”, defendeu.

Através dos canais de comunicação e principalmente de um grupo de trabalho, o fluxo de informação será otimizado e as respostas da Defesa Civi serão mais precisas. O uso das lideranças comunitárias no processo de fusão de informações preventivas e emergenciais é uma ferramenta importante para a gestão de riscos e desastres.

O secretário municipal de Participação Social, Anderson Pipico, pontua que a prevenção em todas as áreas é fundamental.

“Niterói tem um dos sistemas de Defesa Civil mais estruturados do Brasil. A organização e capacidade de atender nossa população e apoiar os que mais precisam é um dos nossos grandes diferenciais”, comentou.

O presidente da Federação das Associações de Moradores de Niterói, Manoel Amâncio, também participou da reunião.

“Esse fluxo de comunicação com a Defesa Civil contribui e muito para construção da nossa cidade. A associação está à disposição para somar com o município”, disse.

Sistema da Defesa Civil – A Secretaria de Defesa Civil tem 128 Núcleos Comunitários de Defesa Civil (Nudecs) e mais de 2400 voluntários pela cidade. O sistema de monitoramento conta, atualmente, com 46 pluviômetros, sendo 30 de operação da secretaria e 16 do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) e 37 sirenes espalhadas pelas comunidades, com alcance de mais de 120 mil pessoas. Além disso, a secretaria conta com pouco mais de 30 pontos de apoio para a população nos casos de acionamento de sirene e riscos de deslizamentos e desabamentos que podem ser consultados por meio do aplicativo Alerta DCNit, no ícone sirenes – pontos de apoio.

O Centro de Monitoramento e Operações da Defesa Civil de Niterói envia informes conforme necessidade e atualizações. Em caso de emergência, é possível ligar para os telefones 199 ou 2620-0199. A Defesa Civil conta com plantão 24h de monitoramento meteorológico, com envio detalhado de informações sobre a previsão do tempo e de avisos através do aplicativo Alerta DCNIT, SMS (40199) e grupos no WhatsApp.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 3 =