Decoração natalina chama atenção da população niteroiense

Moradores se inscreveram no concurso da mais bela decoração da cidade

Para muitas pessoas, montar a árvore de Natal e o presépio dentro de casa é pouco. Com o espírito que esta época do ano inspira, elas fazem de seus prédios ou casas verdadeiras obras de arte. Em Niterói, por exemplo, Papai Noel foi visto no telhado de um comércio, na grama de um condomínio e na portaria de um prédio, além de um boneco de neve flagrado na varanda de uma casa. A população niteroiense mergulhou no clima natalino para participar do 5º Concurso na cidade. As casas, prédios e comércios inscritos estão nos bairros Icaraí, Santa Rosa, São Francisco, Charitas, Itaipu e Matapaca.

O contador Mario Medeiros, de 48 anos, mora no Condomínio Villagio Dei Fiori, em Santa Rosa, e logo se animou quando soube que o prédio seria inscrito no concurso.

“A gente está vindo de um ano atormentado pela pandemia. E ainda não estamos totalmente livres, mas esse ano todos estão vacinados, então já podemos reunir a família novamente. Ano passado ficou cada um na sua casa, ninguém pode abraçar ninguém. Algumas famílias perderam parentes e amigos. Esse ano, com as coisas mais tranquilas por causa da vacina, as pessoas estão mais animadas para se reunir. E a decoração, por mais que seja simples, faz renascer esse espírito natalino em todos. Não só nas crianças. Eu achei que o prédio ficou lindo, minha esposa tirou foto e tudo para mostrar aos nossos parentes”, conta .

Segundo o síndico, Luiz Leite, é a primeira vez que o condomínio se inscreve no concurso, e a iniciativa da decoração partiu da administração.

O Concurso tem como principal objetivo difundir o encantamento da cultura natalina, fazendo com que a cidade seja uma grande vitrine dessa tradição, de seu espírito de confraternização e criando um atrativo turístico para a cidade de Niterói.

Para o presidente da Neltur, Paulo Novaes, o concurso reforça as iniciativas da Prefeitura em fazer de Niterói uma cidade vitrine de apelo cultural e de Turismo com sua tradição natalina. “Com a pandemia o comércio sofreu um grande impacto, então com o Natal da Esperança, que terá árvore de Natal em São Francisco, shows, decoração em vários lugares, concertos e o concurso de decoração, são ações que contribuem para o reaquecimento do comércio, da economia local, fazendo com que toda rede produtiva da cidade saia ganhando”, destaca Novaes.

A costureira Nilcea Barros, de 65 anos, foi visitar o irmão em um condomínio em Itaipu e ficou encantada com a decoração de uma das residências.

“Eu sempre amei o Natal. Quando eu vi essa casa, eu fiquei apaixonada. Tirei foto, fiquei admirando durante muito tempo, fiz vídeo para mandar no grupo dos meus amigos. Nunca vi uma coisa tão linda. Uma coisa tão simples e que ficou tão linda. Meu neto disse que é a casa do Papai Noel. É esse o espírito da decoração, mexer com a imaginação das crianças e encantar os adultos”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.