Dançarino de SG faz vaquinha para competir nos Estados Unidos

Wellington Serrano –

Aos 8 anos, quando deu os primeiros passos na dança, Emanuel Marcos Costa da Silva, de 21 anos, não imaginava que poderia iniciar uma caminhada internacional. Filho de um vendedor e de uma secretária, o morador do Coelho, em São Gonçalo, está de malas prontas para representar o Brasil no festival internacional All Dance, em Orlando, nos Estados Unidos.

Para fazer a viagem, no entanto, ele precisa arrecadar cerca de R$ 10 mil para despesas de viagem e hospedagem. Por isso, fez uma vaquinha virtual e abriu uma conta poupança para receber as doações.

A esperança segue em alta com a oportunidade, que ele encara como chance única. “Estou muito feliz de ter sido classificado. Na avaliação, fui selecionado com pontuação para primeiro lugar, o que me dá uma expectativa ainda maior de conseguir representar bem o Brasil no festival”, comemora Emanuel.

Aluno da escola de Ballet Claudia Araújo, o dançarino disputará na categoria Ballet Clássico. O desempenho do jovem vem chamando a atenção desde 2013, quando iniciou os estudos no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

Ele realçou que, em um momento em que o Brasil ainda tem a imagem fragilizada no exterior por casos de violência e corrupção, a arte é uma forma de mostrar um lado positivo do país lá no exterior.

“Acho que esse tipo de arte não é muito reconhecida no Brasil. Tendo um representante jovem em uma competição dessas no exterior pode criar uma imagem positiva da arte aqui dentro e mostrar, lá fora, que nós temos muitos talentos. Se for bem-sucedido, posso incentivar outras pessoas que gostam de dançar a não desistirem de seus sonhos”, afirmou.

Quem quiser contribuir pode realizar um depósito na conta poupança número 382583-3, agência 4143, da Caixa Econômica Federal, em nome de Marcos Emanuel Costa da Silva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *