Cuidado redobrado com a direção na chuva

Raquel Morais –

O tempo fechou em Niterói e com a chuva o motorista deve redobrar a atenção quando o assunto é direção. A Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) apontou alguns cuidados que devem ser tomados nesses dias em especial. Em mês do Maio Amarelo, o projeto aponta que 90% dos acidentes causados no Brasil são por falha humana. Em 2017 o tema da campanha é “Minha escolha faz a diferença”, que visa alertar que no trânsito todos têm de estar muito atentos para a escolha certa.

Segundo a Abramet, os seguintes cuidados devem ser tomados: manter o farol baixo ligado e a distância segura do automóvel que está na frente, evitar freadas bruscas, redobrar atenção para condições da via como poças, alagamentos e deslizamentos de terra, evitar avançar se o nível da água ultrapassar o meio da roda, evitar fumar no interior do veículo com vidros fechados, pois causa o embaçamento dos vidros e redução da visão do exterior.

“Deixar o limpador de para-brisa em boas condições e na velocidade adequada ao volume de água do momento. Em situações que a água subir à altura da porta, a Abramet recomenda que se gesticule, balance os braços e solicite socorro, que deve ser prestado por bombeiros, Defesa Civil ou Polícia Militar”, apontou um dos diretores da associação dr. Dirceu Rodrigues Alves Júnior.

Os famosos bolsões de água se tornam perigosos para o trânsito, já que podem esconder buracos e bueiros abertos, por exemplo. Também é preciso estar de olho na qualidade dos pneus, que podem perder aderência com a pista molhada. “Eu confesso que nunca olho a minha palheta e só quando chove, vejo que está boa ou ruim. O excesso de sol as vezes resseca esses materiais e por isso sei que tenho que ficar atento”, comentou envergonhado o vendedor Hugo Lanes, de 33 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *