Cristo Redentor ganha reforço do Segurança Presente

Cartão postal do Rio de Janeiro, o Cristo Redentor ganhou, desde quarta-feira (26), a 30ª base do programa Segurança Presente. O reforço no policiamento vai ajudar a aumentar a sensação de segurança num dos pontos turísticos mais visitados do mundo, e que foi reaberto recentemente, seguindo os protocolos de distanciamento social e de prevenção à Covid-19.

A Operação Cristo Presente funcionará diariamente, durante 24 horas, com 12 policiais militares realizando o patrulhamento a pé, em motocicletas e em viaturas na Estrada das Paineiras e no Santuário Cristo Redentor.

“O Segurança Presente é um programa próximo da comunidade, que conversa e ouve a população, que tem ali um policial com um nome. Não é possível a polícia estar em todos os lugares, mas, em determinadas áreas, como é o caso do Cristo Redentor, da Estrada das Paineiras, onde há fluxo de turistas, não podemos permitir que eles fiquem em situação de vulnerabilidade”, afirmou o governador Wilson Witzel, durante a cerimônia de lançamento do Cristo Presente.

Witzel lembrou ainda que, em 2019, houve crescimento de 20% na ocupação dos hotéis, resultado de uma série de ações não só na segurança pública, mas também de investimentos em turismo.

Durante a cerimônia, o Reitor do Santuário do Cristo Redentor do Corcovado, Padre Omar, disse estar vivendo um momento histórico e que terá repercussão internacional.

“Hoje, a 710 metros de altura e abaixo do principal símbolo do país, somos presenteados com essa ação do Governo do Estado, que visa a uma integração ainda maior para manter a beleza desse lugar. Estamos de braços abertos para receber as pessoas que nos visitarem”, agradeceu o Padre Omar, abençoando a tropa formada.

Já o vice-governador Claudio Castro afirmou ser muito simbólico estar aos pés do Cristo Redentor, lugar de grande vocação turística, inaugurando uma operação do Segurança Presente.

“Esse governo triplicou o programa Segurança Presente em um ano e meio, apenas com recursos públicos, fazendo girar a economia do nosso estado e incentivando o turismo” afirmou.

Toni Costa, carioca e morador de Brasília, esteve no Cristo Redentor com a família e elogiou a iniciativa de reforçar o policiamento.

“Está muito bom. A gente agora se sente mais seguro para trazer a família”, disse, após cumprimentar o governador, na saída da cerimônia.

A Operação Segurança Presente tem bases nas zonas Sul, Norte e Oeste da cidade do Rio e em Niterói, São Gonçalo, na Baixada Fluminense e Costa Verde. São elas: Lapa, Aterro do Flamengo, Méier, Lagoa, Centro, Niterói, Leblon, Copacabana, Tijuca, Ipanema, Nova Iguaçu, Laranjeiras, Bangu, Botafogo, Austin, Caxias, Barra da Tijuca, Recreio, Grajaú/Vila Isabel, Bonsucesso, São Gonçalo, Madureira, Jacarepaguá, Belford Roxo, Queimados, Irajá, São João de Meriti, Magé/Piabetá e Itaguaí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + 13 =