Cristo Redendor homenageia profissionais da saúde

O Movimento #FormouEsperança – que reúne a Arquidiocese do Rio de Janeiro, o Santuário Cristo Redentor, a Estácio, a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, e os projetos sociais Ação de Amor do Cristo Redentor, RioSolidario, Instituto Reação, Gerando Falcões e União Rio – transmitiu na noite deste domingo uma mensagem de esperança e apoio para o enfrentamento da pandemia, enfatizando a importância da quarentena. O arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, consagrou o Brasil aos pés do Cristo Redentor, que recebeu um show de projeções e homenageou os profissionais da linha de frente no combate ao coronavírus.

As projeções vestiram o Cristo de jaleco médico e estampou mensagens de amor e esperança para todos, que podem ser conferidas na página do movimento www.formouesperanca.com.br. As ações incluíram ainda doação de alimentos não perecíveis para os projetos sociais participantes.

A iniciativa – um grande abraço virtual coletivo – homenageou todos os trabalhadores que prestam serviços essenciais, os profissionais da área da saúde e os que seguem trabalhando para combater a covid-19, além das pessoas de todas as nações que estão em casa fazendo a sua parte na contenção do vírus por meio do isolamento social.

Nossa missão é combater a fome e ajudar a salvar vidas. Estas são as prioridades do União Rio. Não estamos medindo esforços para garantir que esta ação pelo bem se expanda e possamos reativar outros hospitais, como já estamos fazendo com o Hospital Universitário do Fundão (UFRJ), onde estão sendo reativados 60 leitos de UTI, entrega de equipamentos e disponibilização de corpo médico para atuação imediata. Também conseguimos beneficiar famílias vulneráveis – até este domingo já somamos mais de 33 mil contempladas. Ter a Arquidiocese, com Cristo Redentor, e a parceria do empresariado nos ajuda a disseminar esta corrente mais do que necessária. Reforça ainda o quanto somos melhores juntos”, garantem os representantes do movimento União Rio.
A Secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, Danielle Barros, apoiou e incentivou a ação que promoveu a paz e arrecadou doações, que também contemplaram músicos do estado. “O verdadeiro espírito da Páscoa é de solidariedade e é muito importante que a esperança de Cristo habite nossas casas e nossos corações. Neste sentido, a Secretaria de Estado de Cultura tem promovido ações para apoiar toda classe artística, e propõe a união de todos em torno dos que mais precisam, como os artistas que estão na base da pirâmide e hoje, por conta de estarem impedidos de exercerem sua arte, vivem um momento de fragilidade social”, reforça Danielle.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 10 =