Criminosos trocam tiro com polícia na Alameda

Geovanne Mendes –

No início da noite desta terça-feira (14), quem estava esperando ônibus na Estação João Brasil, do Corredor Viário da Alameda São Boaventura, no Fonseca, viveu momentos de terror, quando dois tiros atingiram o ponto do terminal, destruindo uma placa publicitária e a janela de um ônibus que passava no exato momento, estilhaçando os vidros em cima das pessoas. Uma mulher e sua filha, que não foram identificadas, se feriram com cacos de vidro e foram socorridas por quem passava pelo local.

Tudo começou quando quatro homens em um carro roubado foram surpreendidos por uma viatura do DPO Vila Progresso enquanto seguiam no sentido Alcântara em SG.

“Nós reconhecemos o HB20 branco que havia sido roubado no final de semana em Icaraí e seguimos pela Alameda São Boaventura em perseguição aos bandidos, que revidaram com tiros em cima da nossa viatura”, declarou um policial.

Durante a troca de tiros, um soldado foi atingido de raspão na perna, sendo levado sem gravidade para o Hospital Estadual Azevedo Lima, no Fonseca.

Segundo os policiais que participaram da ocorrência, os bandidos abandonaram o carro e invadiram uma loja de artigos de presentes, que fica em frente à baia João Brasil. Ainda de acordo com os PMs, dois dos quatro criminosos eram menores. A polícia informou também que um revólver calibre 38 e o carro roubado foram recuperados. Os bandidos foram presos sem qualquer tipo de ferimento e levados para a 78ª DP (Fonseca).
Durante os momentos de pânico muita correria na rua em frente à loja invadida. Os clientes que estavam no estabelecimento saíram correndo, desesperados, e na baia de ônibus as pessoas se jogavam no chão para se proteger dos tiros.

“Muita gente corria e se jogava no chão, foi horrível, uma verdadeira cena de guerra”, contou um guarda municipal que não quis ser identificado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 1 =