Criminosos promovem novo arrastão, agora no Fonseca

Augusto Aguiar

Menos de 24 horas após criminosos promoverem um arrastão, fazendo várias vítimas e roubando pertences e cargas, no perímetro entre a Rodovia Amaral Peixoto (RJ-104) e a Estrada da Florália, no Caramujo, nas primeiras horas da manhã de segunda-feira (12), mais uma vez os marginais desafiaram a polícia e fizeram novas vítimas, dessa vez na Rua 22 de Novembro, no Fonseca. Pelo menos três pessoas foram roubadas e uma foi atingida por um estilhaços de um tiro, no rosto. A vítima foi identificada como taxista.

Por volta 5 horas, segundo fontes policiais, criminosos em dois veículos, que seriam uma Palio Weekend e uma Tucson, renderam vítimas que passavam de carro pela Rua 22 de Novembro, altura da Rua Airosa Galvão. Duas pessoas, que passavam pelo local foram rendidas e tiveram os pertences roubados. Entre as vítima está um funcionário público, que teve sua identificação preservada,e foi obrigado abandonar o veículo que conduzia e escapar correndo.

Outra vítima, esta identificada pela PM como o taxista José Carlos Lopes, de 63 anos, acabou atingido de raspão por estilhaços de um tiro. Ele foi medicado no Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), no Fonseca, e liberado. Segundo informações, no veículo modelo Tucson haviam pelo menos cinco criminosos e na Palio Weekend outros dois. Policiais militares foram acionados para o local e vasculharam a região, mas os criminosos não foram encontrados. Existe a suspeita de que seriam os mesmos que praticaram vários assaltos na manhã de segunda-feira no Caramujo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × cinco =