Criança é atingida por bala perdida durante ação policial em São Gonçalo

Permanecia internada, na manhã dessa sexta-feira (03), no Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), no Colubandê, uma menina, de 3 anos, que foi baleada, na noite de quinta-feira (02), em meio a um confronto entre bandidos e policiais militares do Batalhão de São Gonçalo, no bairro Vila Três. A vítima foi internada em estado greve.

A vítima foi ferida na perna, e depois de socorrida pelos militares foi internada na unidade hospitalar. A Secretaria de Estadual de Saúde (SES) emitiu o seguinte informe, na manhã dessa sexta-feira: “A direção do Hospital Estadual Alberto Torres informa que a paciente Adrelany Pacheco Lima apresenta estado de saúde grave”.

Os PMs afirmaram que realizam patrulhamento pelo bairro Vila Três, quando tentaram abordar suspeitos que estavam num carro que trafegava pela região. Armados, os bandidos atacaram os policiais a tiros e estes revidaram, dando início a um tiroteio e perseguição pela região. Os criminosos conseguiram furar o cerco e fugir em direção ao Jardim Miriambi, bairro vizinho e não foram mais localizados. O patrulhamento foi intensificado na região.

Segundo informes, a menina seria filha de uma vendedora ambulante e a ocorrência foi registrada na 74ª DP (Alcântara), que investiga se os criminosos seriam traficantes que atuam em comunidades locais para identifica-los. Há pouco mais de um mês um menino, de 6 anos, foi baleado no tórax, no bairro Zumbi, também em São Gonçalo. Socorrido ao Pronto Socorro  de São Gonçalo, no bairro Zé Garoto, familiares disseram que ele estaria numa lanchonete junto com sua mãe, quando foi atingido por bala perdida. A PM informou na ocasião que não havia operação na localidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × quatro =