CPI da ENEL chega a Cabo Frio

O município de Cabo Frio irá receber na próxima segunda-feira (12) às 15h, na Câmara Municipal de Cabo Frio, uma audiência pública organizada pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Alerj para investigar as irregularidades no serviço de fornecimento de energia elétrica na cidade. 

A presidente da CPI, Deputada Rosângela Zeidan, junto com  outros membros da Comissão estão visitando diversas cidades da área de atendimento da Enel para ouvir a população de suas principais queixas. 

O Vice-presidente do Conselho de Consumidores da Enel, Fabiano Silveira, também está contribuindo e mobilizando a população a comparecer ao evento. 

“Sabemos que cada região tem a sua particularidade, mas todas tem questões com a concessionária de energia. Estamos convocando a população local para participar levando as suas queixas”. 

Durante as reuniões iniciais da CPI na Alerj, Fabiano Silveira também levantou temas importantes que precisam de mais atenção por parte do poder público e do Legislativo tanto no âmbito Estadual quanto do Federal.

A Audiência Pública será realizada às 15h no Câmara Municipal de Cabo Frio, na Avenida Assunção, 760, São Bento.  
 
Sobre o Conselho de Consumidores da Enel Distribuição Rio:
O Conselho de Consumidores da Enel Distribuição Rio atua desde o ano de 2000, sendo formado por dez membros (cinco titulares e cinco suplentes), que representam as classes de consumidores dentro da área de concessão da Enel como: Residencial, Comercial, Industrial, Rural e Poder Público. Sua criação está prevista no artigo 13 da Lei nº. 8.631, de 4 de março de 1993, e é regulamentada pela Resolução Normativa nº 451, de 27 de setembro de 2011, da Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL. São indicados pelas Classes que representam e respondem diretamente à ANEEL e tem como função observar as operações da Enel Distribuição Rio. É responsável por analisar e avaliar questões relativas ao fornecimento de energia e às tarifas cobradas pela distribuidora. Verificar se os serviços prestados ao consumidor final estão adequados, fiscalizando e propondo sugestões para melhorias. É uma entidade pró-consumidor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *