Corpo de motociclista é encontrado na Restinga de Maricá

A aflição de parentes e amigos do vendedor e motociclista Ailson de Souza Fonseca, de 50 anos, que estava desaparecido desde o último dia 29, se transformou em tragédia na tarde de segunda-feira, quando agentes da Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) encontraram o corpo da vítima na Restinga de Maricá. O cadáver apresentava marca de tiro na cabeça, caracterizando uma execução. Ailson era membro do grupo de motociclistas Águias de Ouro Moto Clube, no Rio, e residia em Itaipuaçu, distrito de Maricá. Uma das versões que estão sendo investigadas para o crime seria a de latrocínio (roubo seguido de morte).

Familiares do motociclista chegaram a registrar o seu desaparecimento na semana passada na 82ª DP (Maricá), informando que ele havia saído de casa conduzindo uma motocicleta, modelo Yamaha Teneré azul, e não havia sido mais visto desde então. Na tarde de segunda-feira o corpo foi encontrado junto a um carro incendiado e a motocicleta não foi encontrada. Os agentes foram informados que um pescador que passava pelo local encontrou o corpo e acionou a polícia, que identificou a vítima, bastante conhecida na região. Em nota, nas redes sociais, o Águias de Ouro Moto Clube lamentou a morte de Ailson.

“A todos, com pesar comunicamos o falecimento do nosso integrante Ailson de Souza Fonseca. Que nosso irmão descanse em Paz”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + 1 =