Coronavírus muda rotina de quem estuda para concurso público

Com aulas canceladas e obrigados a ficar em casa, concurseiros garantem que o ritmo de estudo não diminui

A pandemia do novo coronavírus está alterando a rotina de toda população, seja na parte da economia, da cultura e no convívio social. E se para uns fazer a quarentena em casa é motivo de tédio, tem gente que está otimista e usando o tempo em casa para reforçar os estudos. Os famosos concurseiros estão com aulas canceladas mas dentro de casa eles garantem que o ritmo de estudo não diminui não. Foco, determinação e muito empenho são aliados para quem está na busca da aprovação em um serviço público e especialistas no assunto recomendam: o segredo é não deixar de estudar.

O professor Bruno Barra, 38 anos, que ministra aulas em cursos preparatórios para concurso, explicou que o momento é ideal para rever conteúdo e tirar o atraso de pontos perdidos.

“Por outro lado estudar por longas horas causa um grande esgotamento mental. Alterne seu tempo de estudo com alguma tarefa doméstica, mas nada pesado. Por exemplo, para cada duas horas dê uma pausa e lave a louça que você sujou enquanto você comia estudando e durante a atividade metalize o que você estava estudando. Reserve um tempo maior para realizar questões relacionadas ao seu concurso, além de ser um ótimo treino, a pessoa não se cansa com tanta facilidade”, contou.

Barra explicou também que neste momento de isolamento social provavelmente as pessoas de casa vão estar mais próximas.

“Quem está estudando pode pedir ajuda para os familiares. Esse é um ótimo teste de conhecimento além de ocupar uma pessoa que poderia interromper o estudo. Além disso é fundamental descansar mas aproveite. Não desista agora, apesar dos concursos estarem suspensos eles vão acontecer e vai ser aprovado aquele que aproveitar bem este momento”, explicou o professor.

A jornalista Aline Santos, de 30 anos, disse que por conta do coronavírus, o trabalho dispensou os funcionários por 15 dias.

“Vou aproveitar esse período para estudar. Infelizmente, estamos passando por um período difícil, mas não posso parar. Já tive uma prova suspensa por causa da pandemia. Eu faria no dia 15 uma prova no Distrito Federal. Estou aguardando nova data. Vou aproveitar esses dias de quarentena para me dedicar mais aos concursos”, desabafou a maricaense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *