Contágio pelo coronavírus está ‘moderado’ em Niterói

Niterói volta a apresentar evolução no combate à pandemia do novo coronavírus. A cidade é a única da Região Metropolitana a aparecer na faixa laranja, o que representa risco moderado no contágio para a covid-19. Cabe ressaltar que os demais municípios apresentam risco alto (faixa vermelha) e muito alto (faixa roxa).

Por meio de suas redes sociais, o prefeito de Niterói, Axel Grael (PDT) comemorou a notícia. De acordo com ele, o principal fator para que a cidade esteja com menor risco de contágio, em relação aos municípios vizinhos, foi a implementação de medidas mais restritivas ao longo das últimas semanas. Vale lembrar que, na segunda-feira (19), entra em vigor o plano de flexibilização.

“Valeu a pena nosso esforço nas últimas semanas. Graças às medidas restritivas, caiu a demanda por internações em nossa cidade e, por isso, será possível retomar atividades econômicas nesta segunda-feira. Mas, a guerra não acabou”, disse Grael. O prefeito ainda lembrou a necessidade de que os protocolos de distanciamento social sejam mantidos, a fim de conter a propagação da doença.

Grael também pregou a importância de ações conjuntas entre as cidades daRegião Metropolitana, para que a redução do contágio ocorra de forma ampla. “É preciso seguir os protocolos de distanciamento indicados pela ciência. Não podemos deixar que se repita aqui o colapso registrado em outras cidades. Continuamos atentos e não vamos poupar esforços para proteger Niterói. Reforço a necessidade de ações conjuntas na Região Metropolitano para frear a disseminação do vírus e salvar vidas”, complementou Grael.

Ocupação de leitos diminui

Além da redução no contágio, a queda na ocupação de leitos em Niterói foi outro fator preponderante para que as medidas restritivas fossem flexibilizadas, a partir da semana que vem. Na rede privada, por exemplo, a ocupação em quartos está em 59%, enquanto a de unidades de terapia intensiva (UTIs) está em 78%. Os dados são do Sindicato de Hospitais Particulares (SindHLeste), em balanço mais recente, divulgado na quinta-feira (15).

Para efeito de comparação, no começo da semana, na segunda-feira (12), a ocupação de quartos exclusivos para tratamento do coronavírus era de 66%, na rede particular. Já em relação às UTIs, a lotação estava em 86% na cidade de Niterói.

Flexibilização

Após três semanas de duras medidas de isolamento social para conter a contaminação do Coronavírus, a partir desta segunda-feira (19), a cidade de Niterói inicia uma fase de reabertura econômica devido a melhora dos indicadores que avaliam a pandemia. A transição faz parte do Novo Plano de Transição Gradual para o Novo Normal – Distanciamento Responsável para fins de prevenção e de enfrentamento à epidemia causada pelo novo Coronavírus (COVID-19) publicado neste sábado (17) no Diário Oficial da cidade.

As medidas foram possíveis após a queda do indicador síntese de 12,8 pontos em meados de março, para 10,5 na última semana com tendência de queda. A previsão é que ao longo da semana o índice fique abaixo dos 10 pontos, saindo da Fase Laranja para a Fase Amarela 2. Assim, na flexibilização controlada da economia, os primeiros a abrir são os setores com baixo risco de contágio e alta relevância econômica e da mesma forma, os setores que devem continuar fechados por um período mais prolongado de tempo são aqueles que tem alto risco associado e baixo impacto econômico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × cinco =