Conselho de Segurança reforça queda nos índices de criminalidade em Niterói

Na reunião do Conselho Comunitário de Segurança de Niterói, foram divulgados os índices de violência na cidade que permanecem em declínio em crimes como roubo de veículos, celulares e transeuntes, por exemplo. Em janeiro de 2019 foram apreendidas 34 armas e em no mesmo mês deste ano foram 99, um aumento de apreensão de 191,17%. Também foi apresentada queda de 8% nos crimes violentos, de 18 em janeiro de 2019 para 8 no mesmo mês de 2020; 52% menos crimes violentos e 62,6% menos roubos de rua, segundo estatísticas do 12º Batalhão da Polícia Militar (Niterói).

O coronel Sylvio Guerra, comandante do 12ºBPM, explicou que os números de Niterói estão reduzindo graças a um trabalho focado ao combate ao tráfico de drogas.

“Existe a oscilação da violência em alguns lugares, mas é normal e não é motivo de desespero, mas temos sempre que estar atentos a isso. Estamos em terceiro lugar em maior redução no Estado em roubo de rua, primeiro lugar em redução de roubos de veículos, terceiro lugar em roubo de carga e em roubo em estabelecimentos comerciais, em primeiro lugar”, comentou.

De acordo com dados do Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) na área da 76ª DP (Centro) os roubos a transeuntes caíram 14% (de 68 registros em 2019 para 58 registros em 2020. Roubo de celular teve redução de 70% (24 para 7), roubo a estabelecimento comercial de 25% (de 4 para 3) e roubo de veículo queda de 60% (13 para 5). Na área da 77ª DP (Icaraí) queda de 53% em roubo de transeuntes (47 para 35 registros), 33% queda de roubos de celulares (9 para 6), 19% menos roubos de veículos (21 para 5) e roubo em estabelecimento comercial não teve variação sendo registrados 2 nos dois meses de 2019 e 2020.

Na Zona Norte, na área da 78ª DP (Fonseca) a redução de 42% foi percebida nos registros de roubos a transeuntes (70 para 40), 76% menos roubos de aparelhos celulares (de 13 para 9), 16% roubos a estabelecimentos comerciais (de 6 para 5) e 57% menos roubos de veículos (de 75 para 32). Já na área da 79ªDP (Jurujuba) a queda mais expressiva foi de roubo a transeunte com 84% menos registros (de 26 para 4), seguida de 80% roubos a estabelecimentos comerciais (5 para 1), 68% menos roubos de veículos (de 29 para 9) e menos 20% roubos de aparelhos celulares (de 5 para 4). Os dados da 81ª DP (Itaipu) não foram apresentados.

A delegada titular da 77 ª DP (Icaraí), Raíssa Celles, ressaltou a ação em conjunto com as esferas de segurança como fator da queda desses índices.

Trabalhamos juntos e integrados, os delegados são moradores de Niterói e usuários do serviço que prezam. As delegacias estão integradas com a polícia militar, com o Niterói Presente e as imagens do Cisp que ajudam muito na elucidação dos crimes. Há uma inteiração e uma vontade de prestar o melhor serviço possível”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × um =