Conleste realiza primeira reunião de 2021 com prefeitos eleitos e reeleitos

Camilla Galeano

O Consórcio Público Intermunicipal do Leste Fluminense (Conleste), teve sua primeira reunião do ano com os novos prefeitos eleitos e os reeleitos, para falar sobre os projetos e planos. A eleição que aconteceria no Palácio Guanabara, para escolher um novo prefeito presidente, prefeito vice-presidente, três prefeitos representantes do conselho fiscal e mais três suplentes, foi adiada a pedido dos chefes do executivo.

Dos 16 municípios participantes, 12 prefeitos novos foram eleitos nas últimas eleições municipais. Por esse motivo, o atual vice-presidente, Vinícius Claussen, prefeito reeleito de Teresópolis, anunciou o pedido dos prefeitos de Tanguá e de Itaboraí, para que a eleição fosse adiada por até 60 dias. Com isso, os novos prefeitos e os reeleitos teriam mais tempo de convivência. Após unanimidade entre os municípios, o adiamento foi aceito e com isso, o ex-prefeito de Itaboraí, Dr. Sadinoel, se mantém na presidência até o pleito, que ainda não teve a data divulgada.

De acordo com o diretor executivo do Conleste, João Leal, as chapas ainda não foram apresentadas, mas dois prefeitos manifestaram desejo pelo cargo: o de Itaboraí, Marcello Delaroli, e o de Tanguá, Rodrigo Medeiros.

O consórcio se reúne a cada dois meses para deliberar temas de relevância regional. Segundo João Leal, o Conleste tem a missão de traçar e articular estratégias de atuação integradas entre os municípios, contribuindo para o desenvolvimento humano, progresso econômico, reconhecimento cultural e preservação do meio-ambiente através de práticas de sustentabilidade na região.

Na reunião foram apresentados valores e resultados que o consórcio já alcançou.
De acordo com a diretoria, o Conleste realizou em 2020 uma série de fóruns técnicos por seguimentos, como cultura, economia, meio ambiente, planejando e planos de ações com base nas vulnerabilidades de cada região.

“Há projetos voltados para a agricultura, para pavimentação de estradas vicinais. O primeiro quilômetro será feito em Magé. Todo material vem da empresa que qualifica os servidores públicos em parceira com o Conleste”, explicou

O prefeito de Magé, Renato Cozzolino, em reunião anterior com o diretor-geral do Conleste, apresentou uma parceria para viabilizar a recuperação das estradas na cidade. Com o projeto, 24,7 quilômetros de vias serão recuperados, beneficiando 327 produtores rurais de Magé.

A recuperação faz parte de uma parceria do Conleste com a empresa Ternium, para a doação de um agregado siderúrgico que será usado na pavimentação, além do treinamento de funcionários das prefeituras para a manipulação e a aplicação do extrato doado.

“A Prefeitura de Magé está de portas abertas para o Conleste, principalmente quando o assunto for de interesse da população e para a melhoria da qualidade de vida dos mageenses”, declarou Cozzolino.

O diretor do Conleste salientou que a recuperação das estradas vicinais, que são o principal ligação da zona rural com a área urbana, além das estradas que ligam aos polos de distribuição, e vai facilitar a vida de centenas de agricultores familiares, que representam grande parte da atividade agrícola de Magé.

O atual presidente Sadinoel, citou a reunião com o prefeito de São Gonçalo, Capitão Nelson. Eles discutiram propostas para o plano de mobilidade urbana, que inclui o projeto do BRS (Bus Rapid Service – Serviço de Ônibus Rápido), que está em fase final de estudos de projeto, com previsão de término em maio.

“O Sadinoel, veio me passar algumas orientações e dividir sua experiência. É importante ter essa troca de ideias. É isso que acontece no Conleste. Especialmente em prol do desenvolvimento da nossa região. Estamos trabalhando em um projeto de mobilidade em parceria com outros municípios e, por esse motivo, precisamos estar alinhados a eles”, avaliou, Capitão Nelson.

O prefeito de Maricá, Fabiano Horta, falou sobre a eficácia do Consórcio na governança de cada município.

“Em todos esses anos de Consórcio, tivemos muitas conquistas. E precisamos continuar caminhando lado a lado para continuar expandindo e fazer as nossas regiões achar desenvolvimento e valor. O Consórcio é um instrumento central fundamental e importante para que possamos dinamizar as nossas cidades”, disse.

O governador em exercício Cláudio Castro, esteve na reunião e falou da importância do Conleste.

“As pessoas não moram no estado. Elas moram em uma casa que fica em uma rua, que fica em cada município que faz parte do Conleste. Essa união é muito importante para cada cidadão. Precismos trabalhar juntos, sem bandeira partidária para melhorar a vida de quem realmente importa. E o Consórcio pode sempre contar com o apoio do Estado”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + dezessete =