Conjuntos do MCMV viram alvo das polícias Militar e Civil

Augusto Aguiar

Policiais civis da 78ª DP (Fonseca) e do 12º BPM (Niterói) deflagraram, na manhã desta terça-feira , uma operação em dois conjuntos residenciais, do programa Minha Casa Minha Vida, construídos com recursos federais (Programa de Aceleração do Crescimento/PAC), os condomínios Zilda Arns, na Riodades, e Bento Pestana II, no Morro do Castro. O segundo empreendimento, situado na área da 73ª DP (Neves), ainda com obras em andamento.

A ação foi desencadeada após denúncias de que traficantes estariam aterrorizando os moradores do Zilda Arns e também operários que ajudam a construir o Bento Pestana II. Segundo o titular da 78ª DP, delegado José William de Medeiros, que coordenou a operação, com relação ao empreendimento Zilda Arns, três pessoas que residem no local foram conduzidas para prestarem esclarecimentos na delegacia. “No Condomínio Zilda Arns continuamos a operação sobre denúncias de tráfico. Tínhamos dois Mandados de Busca e Apreensão pelo crime de associação para o tráfico, mas não foram encontrados. Duas pessoas chegaram a afirmar que teriam recebido imóveis de pessoas que seriam ligadas ao tráfico. Por isso elas foram chamadas para prestarem esclarecimentos”, explicou o delegado, que acrescentou que a operação contou com 25 agentes e não houve confronto. Segundo o delegado, as mesmas duas pessoas informaram que haveria tráfico no conjunto Zilda Arns, e com relação a essas denúncias um inquérito já havia sido aberto há cerca de um ano na mesma distrital.

Com relação ao Bento Pestana II, o delegado fez questão de afirmar: “Havia denúncias de que traficantes estariam invadindo esses imóveis do Morro do Castro, mas conversamos com os responsáveis da obra e eles afirmaram que nunca ouviram falar desse fato. Sobre a informação de que o tráfico estaria acarretando a paralisação da obra, afirmaram que não existe nada disso. Nunca ninguém veio aqui denunciar qualquer coisa”, afirmou ainda José William. Ele afirmou ainda que os responsáveis também foram convidados para prestarem esclarecimentos na DP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + 13 =