Confira programação desta noite dos Jogos Paralímpicos

A grande novidade do Brasil na noite deste sábado (28), quinto dia dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020, é a estreia da Seleção Brasileira de futebol de 5. Única campeã de Jogos Paralímpicos da história, a equipe começa sua campanha em busca do pentacampeonato empartida contra a China no Aomi Urban Sports Park, às 23h30min (de Brasília).

Os chineses foram os adversários do Brasil na semifinal do Rio 2016 e na decisão de Pequim 2008. Em ambos os encontros, vitória verde e amarela por 2 a 1. 

A Seleção Brasileira enfrenta também na primeira fase Japão e França. Na outra chave, estão Argentina, Espanha, Marrocos e Tailândia. Os dois melhores de cada grupo avançam às semifinais. A grande decisão será no dia 4 de setembro, às 5h30min.

O Brasil soma até agora 23 medalhas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, com seis ouros, cinco pratas e 12 bronzes, e está na oitava colocação no quadro de medalhas. A China com 31 ouros lidera o ranking com 79 medalhas. Em seguida aparece a Grã-Bretanha que tem 43 medalhas, sendo 16 de ouro. Em terceiro lugar está o Comitê Paralímpico Russo, com 13 medalhas de ouro, e um total de 40 medalhas.

E o Brasil segue em busca de sua 100ª medalha de ouro em Jogos Paralímpicos. Com as conquistas do quarto dia de competições em Tóquio, o país segue com 93, faltando sete para a marca. Ainda são 117 de prata e 114 de bronze. Vale ressaltar que o país está entre as 20 nações que mais medalharam em toda a história do megaevento paradesportivo.

Natação

O Brasil já conquistou 10 medalhas na natação nos Jogos de Tóquio (dois ouros, duas pratas e seis bronzes) e quatro nadadores que já subiram ao pódio do Centro Aquático de Tóquio, cairão na água na noite deste sábado em busca de mais medalhas.

O paulista Gabriel Bandeira, que já faturou três medalhas em Tóquio (ouro nos 100m borboleta S14, prata nos 200m livre S14 e bronze no revezamento 4x100m misto S14), volta à piscina para nadar os 100m peito. O mineiro Gabriel Araújo, que foi vice-campeão nos 100m costa S2 no primeiro dia de disputas, competirá nos 200m livre S2. 

Entre as mulheres, a pernambucana Maria Carolina Santiago, que conquistou o bronze nos 100m costa S12, nadará a classificatória dos 50m livre S13. A paranaense Débora Carneiro, que faturou o bronze no revezamento 4x100m misto S14 com Gabriel Bandeira, Ana Karolina Soares e Felipe Vila Real, nadará desta vez os 100m peito S14.

Outro nome brasileiro que vale a pena acompanhar é a cearense Edênia Garcia, tetracampeã mendial dos 50m costa, estará na piscina para a prova que lhe rendeu os títulos mundiais.

Atletismo

O Brasil já está garantido em três finais do terceiro dia de disputas do atletismo em Tóquio, são elas: Samira Brito e Taschitha Oliveira nos 200m da classe T36 que disputam um lugar no pódio às 00h10min;  Paulo Guerra no salto em altura T47, às 7h28min e Joeferson Marinho nos 100m T12, às 09h04min. 

O atletismo brasileiro já conquistou nove medalhas no Estádio Olímpico de Tóquio, sendo quatro ouros, uma prata e quatro bronzes.

Judô

As disputas do judô também seguem adiante na noite deste sábado. A campeã mundial, atual líder do ranking internacional e medalhista paralímpica, a paulista Alana Maldonado (categoria até 70kg), entrará no tatame. A fase de classificação será de 22h30min a 2h e as finais serão logo em seguida, de 4h a 7h50min. 

Os medalhistas paralímpicos nos Jogos Rio 2016: o paulista Antônio Tenório (até 100kg) e o paraibano Willians Silva (acima de 100kg), também participarão das lutas desta noite. Tenório vai para sua sétima participação em Jogos Paralímpicos, e, desde Atlanta 1996, quando foi sua estreia, ele acumula quatro medalhas de ouro, uma de prata e uma de bronze. Completam a participação brasileira os judocas Meg Emmerich (acima de 70kg) e Arthur Cavalcante (até 90kg).

Já saiu a primeira medalha do judô brasileiro nos Jogos Paralímpicos de Tóquio. Lúcia Araújo conquistou o bronze ao vencer, por ippon, a russa Natalia Ovchinnikova, na categoria até 57 kg. A paulistana já tinha conquistado duas pratas na carreira: em Londres 2012 e no Rio 2016.

Remo

Os quatro barcos brasileiros estarão na água na noite deste sábado. A Final A do Single Skiff Masculino PR1 será às 23h10min, com o brasileiro Renê Pereira, que se classificou ao terminar em primeiro a classificatória, no primeiro dia de disputas da modalidade no Sea Forest Waterway. 

Claudia Santos estará na Final A do Single Skiff Feminino PR1 (W1x PR1) às 22h50min. Ela conquistou sua vaga na briga por medalha ao ser a segunda colocada na prova de repescagem.

Na Final B do Double Skiff Misto PR2, a dupla brasileira Josiane Lima e Michel Pessanha estará em ação às 22h10min. Eles se classificaram para essa final por terminarem em terceiro na repescagem. É nessa prova que o Brasil conquistou nos Jogos Paralímpicos de Pequim 2008 o bronze, sua única medalha paralímpica do remo na história.

A equipe brasileira do Quatro Com Timoneiro Misto PR3, Ana Paula Souza, Diana Barcelos, Valdeni Junior, Jairo Klug, além do timoneiro Jucelino Silva, competirão a Final B às 22h30min.

Vôlei sentado

A Seleção Brasileira feminina de vôlei sentado volta à quadra para sua segunda partida nos Jogos de Tóquio, que será na manhã deste domingo (29), contra o Japão às 8h30min (horário de Brasília). A equipe do técnico José Guedes iniciou sua jornada na competição com vitória, por 3 sets a 2, diante das canadenses. 

O time masculino de vôlei sentado também fez sua estreia nos Jogos Paralímpicos de Tóquio com vitória. A equipe verde e amarela venceu a China por 3 sets a 1. Os brasileiros voltam à quadra na próxima segunda-feira (30), às 20h30min (horário de Brasília), quando enfrentam a seleção do Irã.

As semifinais do vôlei sentado estão marcadas para os dias 2 e 3 de setembro para as equipes femininas e masculinas, respectivamente. Já as disputas do bronze e a final masculina estão marcadas para o dia 4. A final do feminino será no dia 5 de setembro, último dia dos Jogos de Tóquio 2020.

Nos Jogos Rio 2016, a Seleção feminina conquistou a medalha de bronze. Já a masculina brigará na capital japonesa pela primeira medalha paralímpica.

Goalball

A próxima partida da Seleção masculina de goalball será na noite deste sábado, contra o Japão, às 21h (horário de Brasília). Esse será o último confronto da fase de grupos. No terceiro jogo, a equipe venceu a Argélia de virada por 10 a 4.

O Brasil teve uma estreia arrasadora em Tóquio. Atual bicampeão mundial da modalidade, o time verde e amarelo goleou a Lituânia, campeã paralímpica nos Jogos do Rio 2016, por 11 a 2. Em seguida, o Brasil sofreu um duro golpe. No encontro entre duas seleções medalhistas nos Jogos Paralímpicos Rio 2016, o time verde e amarelo, bronze em casa, acabou derrotado para os Estados Unidos, prata na última edição, por 8 a 6.

Já a Seleção Brasileira feminina de goalball encerrará os duelos da fase de grupos e decide a classificação no domingo (29), às 22h30min (horário de Brasília), diante da equipe egípcia. No último jogo, o time comandado pelo técnico Dailton Freitas enfrentou a Turquia, atual campeã paralímpica, e acabou derrotado por 8 a 4, no Makuhari Messe Hall, em Tóquio. 

Na segunda partida pelos Jogos Paralímpicos de Tóquio, a equipe brasileira arrancou um empate contra o Japão em 4 a 4. Foi o primeiro ponto conquistado no torneio. Na estreia, a equipe perdeu para as norte-americanas por 6 a 4.

As semifinais do goalball serão na próxima quinta-feira (2) e as disputas por medalha, na sexta-feira (3).

Halterofilismo

Nas disputas do halterofilismo, a paulista Mariana D’andrea (até 73kg) fará sua estreia nos Jogos Paralímpicos na madrugada deste domingo, à 1h. Os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 são um marco mundial para a modalidade, pois, pela primeira vez, o número por gênero de atletas participantes é equiparado, 90 cada.

Mariana é a líder do ranking mundial na categoria até 73kg. Em maio deste ano, a halterofilista conquistou o ouro na Copa do Mundo da  Geórgia. O baiano Evânio Rodrigues, medalhista de prata nos Jogos Rio 2016, será o primeiro brasileiro a levantar a barra no quinto dia de disputas em Tóquio. Ele iniciará suas três tentativas na categoria até 88kg às 23h deste sábado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × três =