Conferência elege representantes de grupos culturais de Maricá

Ao todo, 28 pessoas da sociedade civil e administração pública foram eleitas para representar grupos culturais do município

Neste domingo (5) foi realizada, no Centro Educacional Joana Benedicta Rangel, Centro, a eleição dos novos membros que irão compor o conselho de cultura da cidade de Maricá. No total, foram eleitos 28 membros, sendo 14 pertencentes à sociedade civil e 14 indicados pela gestão. A votação encerrou as atividades da IV Conferência da Cultura, que este ano teve como tema “A Democratização e a Valorização da Cultura Local como Vetor de Desenvolvimento Social de Maricá”.

O secretário de Cultura de Maricá, Sady Bianchin, destacou a importância da criação dos conselhos e sobre os três dias de muito debate e plenárias para elaborar as diretrizes da cultura da cidade.

“A Conferência é o principal instrumento de diálogo plural e horizontal entre o poder público e a sociedade civil. O encontro ocorreu dentro do que esperávamos e definiu os novos ocupantes das cadeiras para os eixos da política cultural do nosso município, que são importantes no âmbito cultural para consolidação das vozes que são protagonistas da arte e da cultura na cidade”, explicou o secretário.

Conselheiros comemoram eleição 

Raquel Simões, eleita conselheira do Movimento Social, comemorou a vitória de poder representar o povo em seu setor. “Poder representar o movimento social em nosso município é gratificante. Muito obrigada a todos que votaram em mim”, comentou Raquel.

Durante a conferência, 28 pessoas foram eleitas para representar os grupos culturais da cidade

Antonimar Valente, militante da União da Juventude Socialista (UJS) e da União de Negras e Negros pela Igualdade (Unegro), disse que a cultura afro-brasileira será bem representada no município.   

“Estar representado essa cadeira é de extrema importância para mim, pois durante o meu período de militância me deparei com a escassez da cultura afro-brasileira em nossa sociedade. Por isso, em conjunto com a Secretaria de Cultura, devolverei projetos voltados para a cultura afro-brasileira dentro do nosso município”, destacou o conselheiro de Cultura Afro-Brasileira.

O cantor Paulo Sérgio Rocha, eleito conselheiro na área de Música, comentou que é um grande privilégio poder auxiliar nas decisões culturais do município.  “É importantíssimo o conselho da música em Maricá. Precisamos valorizar os artistas de nosso município e os projetos importantes para a valorização da cultura e dos artistas”, explica.

 IV Conferência da Cultura de Maricá 

Convocada por meio do Decreto Municipal nº. 756, de 27 de outubro de 2021, a conferência é o encontro entre a sociedade civil e representantes do poder público, que tem por objetivo debater e propor políticas, programas e ações no campo das políticas públicas de arte e cultura.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.