Concurso PRF: Cebraspe libera consulta de local de prova

Os inscritos no concurso PRF 2021 tiveram acesso ao link para consulta dos locais de provas nesta quarta-feira (5) logo após a União entrar com pedido de anulação da liminar que suspendeu as provas do próximo dia 9 de maio.

Vários candidatos tiveram acesso ao cartão de inscrição com os locais das avaliações. Minutos depois, porém, o link saiu do ar. Um novo link, então, foi disponibilizado de maneira oficial.

A consulta aos locais é feita de forma individual no sistema. Os concorrentes devem informar os dados solicitados no site do Cebraspe, organizador.

De acordo com o cronograma atualizado da seleção, as avaliações estão agendadas para acontecer no próximo domingo, dia 9.

Liminar adia provas e União tenta derrubar decisão

A Justiça aprovou na última segunda-feira (3), liminar adiando os exames, após uma ação popular,

A ação popular com pedido de liminar foi encaminhada ao Tribunal de Justiça no último dia 30 de abril. Segundo o documento, realizar as provas objetivas da PRF na data do dia 9 de maio fere a moralidade administrativa e lesa o patrimônio público.

A ação contextualiza e justifica com dados de infecção por Covid-19. Ela afirma que, seja a publicação do edital ou a remarcação das provas objetivas, ambas aconteceram no auge da pandemia do Coronavírus no Brasil.

“O fato de o diretor do órgão ter prorrogado a realização do certame, para uma data futura ainda dentro da pandemia, não minimiza ou exclui sua conduta ilegal por coagir os candidatos inscritos a se envolverem em um evento pelo país afora que promove a aglomeração de pessoas.”

Nesta quarta-feira (5), a União entrou com pedido de suspensão da liminar. O advogado responsável pelo caso concedeu entrevista à Folha Dirigida e falou sobre a cassação da liminar.

“É claro que é possível ela (a decisão) ser revertida. Porque o Poder Público tem vários instrumentos. Ele tem, além do agravo de instrumento, a suspensão da liminar do TRF, no STJ e no STF. Então ele tem várias chances de tentar reverter essa decisão.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + 8 =