Concessionária aguarda liberação para duplicar BR-101

Raquel Morais –

O projeto de duplicação das pistas da BR-101 no trecho entre Niterói e o distrito de Manilha, em Itaboraí, pela Autopista Fluminense, permanece em análise pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Em 2016, o Grupo Estratégico de Redução de Acidentes (Gerar) da concessionária já tinha informado que o projeto estaria na agência. E de lá para cá nada mudou. Mas a concessionária que administra a via mantém a expectativa de iniciar a obra este ano.

Ainda em 2015 o então secretário de Transportes, Carlos Osório, reforçou a atenção para essas obras entre a Avenida do Contorno, em Niterói, e Manilha, em Itaboraí, no km 23. A intenção é dar fluidez ao tráfego e ainda promover ‘condições mais seguras de trafegabilidade aos usuários’, disse a nota.

“Para quem usa essa via todos os dias esse aumento no tamanho será maravilhoso. Principalmente em Manilha o trânsito é muito ruim e com esse espaço a mais, quero acreditar que vai desafogar um pouco os congestionamentos. Moro em Itaboraí e trabalho no Rio de Janeiro e vou todo dia de carro. Tenho que separar muitos minutos antes para não chegar atrasado”, comentou o montador de móveis Victor Oliveira, 28 anos.

A concessionária informou que o projeto prevê a construção de uma terceira faixa em cada sentido onde hoje existe o canteiro central, ampliando a capacidade da via em 50%. A ANTT confirmou que o projeto de duplicação continua sob análise do corpo técnico da ANTT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *