Compra de vacinas é investigada pela polícia

Na quinta-feira (22) a Polícia Civil do Rio de Janeiro, em conjunto com a de Pernambuco, e Polícia Rodoviária Federal (PRF), cumpriram oito mandados de busca e apreensão contra suspeitos envolvidos em fraudes de oferta de vacina contra a Covid-19. As investigações apontaram que uma empresa de Recife, junto com representantes, vendiam lotes da vacina Oxford/AstraZeneca para prefeituras, sem a garantia de entrega do produto.

As prefeituras das cidades de Duque de Caxias e Barra do Piraí, no Rio de Janeiro, receberam a oferta. A capital de Rondônia, Porto Velho, também está no centro das investigações já que a prefeitura teria feito até o pagamento, mas não recebeu as doses. A especializada em Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro (DCC-LD), da Polícia Civil do Rio, participou da operação.

Segundo a Polícia Civil, a empresa oferecia cada dose por US$ 7,90 para municípios. No entanto, como as vacinas de AstraZeneca estão todas destinadas a consórcios internacionais e a governos de países, não há doses remanescentes para serem comercializadas com empresas ou mesmo com estados e municípios.

De acordo com o delegado Thales Nogueira, titular da DCC-LD, a investigação começou por meio do compartilhamento de informações entre setores da inteligência da unidade policial, da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) e da PRF. Os agentes verificaram que a empresa americana, além de ser recém criada, utiliza como endereço um escritório de co-worker e, ainda, oculta os dados de registro de seu site.

“Com autorização judicial da 1ª Vara Especializada da Comarca da Capital, a Polícia do Rio realizou a gravação de uma reunião em que os sócios da empresa oferecem as doses para a prefeitura de Barra do Piraí e utilizam como exemplo o município de Porto Velho, em que já houve o pagamento e atraso na entrega das doses prometidas”, disse o delegado.

As prefeituras de Duque de Caxias e de Barra do Piraí foram questionadas sobre o assunto mas ainda não se manifestaram.

Em apuração…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco − 2 =