Compra de cloroquina vai ser um dos primeiros alvos da CPI da Covid

Nesta semana foi criada a CPI da Covid onde a comissão parlamentar de inquérito investigará ações e omissões do governo federal no enfrentamento da pandemia. A investigação começará pela aquisição de vacinas e a aposta em medicamentos sem eficácia comprovada cientificamente, como a cloroquina.

Parlamentares governistas, por sua vez, querem destacar os repasses feitos a estados e municípios e possíveis desvios na aplicação desses recursos, tendo como um dos alvos o Consórcio do Nordeste.

O ex-chanceler Ernesto Araújo é apontado como um dos que pode ter prejudicado a atuação do Brasil na aquisição de imunizantes no exterior devido a sua postura em relação a países como a China. Além deles, outros investigados serão os ex-ministros da Saúde do governo Bolsonaro, em especial o general Eduardo Pazuello.

Outra questão  abordada nas investigações será a tentativa de provar que o governo, além de induzir algumas pessoas a comportamentos contrários à prevenção da doença, agiu deliberadamente contra entes federativos e instituições na contenção da pandemia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 3 =