Compra de brinquedos para crianças requer alguns cuidados

Raquel Morais –

O Dia das Crianças é amanhã e nunca é demais reforçar os cuidados que envolvem os pequenos. Quem vai comprar um presente para as crianças deve estar atento em várias questões que vão além das preferências infantis e dos preços. Respeitar a faixa etária recomendada para os brinquedos e observar o selo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), que tem que estar presente nas embalagens.

Segundo o Inmetro o selo é uma certificação compulsória obrigatória e todo brinquedo deve ter essa marca. Dentro dessa autorização para circulação são conferidas várias etapas: indicação de faixa etária e até composição tóxica de alguns brinquedos. O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Niterói (CDL Niterói), Luis Vieira, também frisou a importância desse cuidado.

“As pessoas devem ter essa atenção ao comprar os brinquedos para as crianças, assim como pedir a nota fiscal do estabelecimento. Isso é para resguardar o consumidor de qualquer problema que tenha em relação ao produto. A loja é responsável pelo produto que está vendendo”, pontuou.

A dona de casa Paula Oliveira, de 25 anos, levou seu filho Guilherme, de 6 anos, para escolher pessoalmente o presente para o Dia das Crianças.

“Eu deixo ele escolher e é bom que não tem erro e nem preciso voltar na loja para trocar. Eu sei da existência do selo do Inmetro e acho importante esse certificado”, comentou.

Já uma niteroiense que preferiu não se identificar se classificou como ‘distraída’.

“Eu não tenho essa preocupação de olhar o selo. Escolhi uma boneca com acessórios para minha sobrinha e nem lembrei que tinha selo do Inmetro na caixa”, lamentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + 13 =