Comperj reduz atividades em até 70% para conter o coronavírus

Com o objetivo de reduzir parcialmente as atividades do Comperj, o secretário de Saúde de Itaboraí, Júlio César Ambrósio, visitou o canteiro de obras da Unidade de Processamento de Gás Natural – UPGN, na última segunda. As empresas têm até hoje para adotar medidas para reduzir em mais de 50% do volume de trabalhadores.

Acompanhado do subsecretário de Vigilância em Saúde, Renato Botticini; do secretário municipal de Segurança Pública e Defesa Civil, Luiz Alberto Mendonça; e demais profissionais da Vigilância Epidemiológica, Júlio Ambrósio conversou com a Petrobras e orientou com relação aos decretos publicados em que determinam medidas para a diminuição da circulação de pessoas com objetivo de conter a proliferação do coronavírus em Itaboraí, tendo em vista a grande concentração de trabalhadores nos canteiros de obra do empreendimento.

A Secretaria de Saúde ressalta que foram todos bem receptivos na visita e que a Petrobras entendeu dos riscos e estabeleceram uma medida específica, com interrupção parcial das atividades em 70% devido ao alto risco de contágio da Covid-19 entre os colaboradores e toda a comunidade, nesse momento. De acordo com o secretário, as empresas do Comperj terão um prazo hoje, para botarem em prática a recomendação do governo municipal.

“É importante levar informação para conscientizarmos esses trabalhadores sobre a importância de cuidarem da própria saúde. Estamos fazendo todo o possível para evitar qualquer tipo de aglomeração e, assim, desacelerarmos a contaminação pelo vírus SARS-Cov-2, que causa o a Covid-19”, disse o secretário de Saúde, enquanto fazia inspeção em todas as dependências do Comperj.

A preocupação de toda equipe da Saúde neste momento é fazer com que Itaboraí não venha registrar altos níveis de contágio. Por isso, na cidade, comércios e escolas estão fechados por 15 dias, podendo aumentar esse período. Já está no ar um site específico da Secretaria de Saúde sobre o coronavírus, onde são feitas atualizações constantes e uma série de vídeos educativos estão sendo feitos para que a população esteja sempre bem informada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × um =