Comércio fecha e policiamento é reforçado em SG

Dezenas de estabelecimentos comerciais fecharam as portas entre o fim de manhã e o início da tarde de sexta-feira, por ordem de traficantes, em vários bairros de São Gonçalo, como Rocha, Centro, Galo Branco, Coelho, Laranjal e Boa Vista. O motivo, segundo a polícia, seria uma retaliação pela morte de um rapaz identificado como Rodrigo Ribeiro, conhecido como RD, e apontado como líder do tráfico na comunidade Menino de Deus, entre os bairros do Centro e Rocha.

O acusado morreu em confronto com PMs, na noite de quinta-feira. O 7º BPM (São Gonçalo) reforçou o patrulhamento nas ruas nos bairros onde os comerciantes fecharam as portas, mas não diminuiu o medo dos transeuntes por atos de retaliação.
No fim de noite de quinta-feira, a PM realizava uma operação na comunidade com objetivo de reprimir um evento proibido, denominado Arraiá do Rocha, quando foram recebidos a tiros por traficantes fortemente armados.

A intensa troca de tiros que se seguiu assustou moradores a transeuntes na comunidade e ruas próximas. Na ação, RD, apontado como chefe do tráfico, foi baleado e morreu. Com ele, a PM apreendeu um fuzil, calibre 5.56. Outros três suspeitos foram presos, além de apreensão de certa quantidade de drogas, além de uma pistola e rádios de comunicação. Moradores afirmaram que a troca de tiros na região teria permanecido durante toda a madrugada de sexta-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − onze =