Comerciários de Niterói ganham reajuste de 9%

Raquel Morais –

O Sindicato dos Empregados (SEC) e o Sindicato dos Lojistas do Comércio (Sindilojas Niterói) assinaram um acordo que prevê reajuste de 9% dos salários dos comerciários. A notícia animou os trabalhadores, que tiveram o maior reajuste aplicado no piso regional do Estado do Rio de Janeiro, inclusive superando os índices da inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), de 5,68%.

A alteração será calculada a partir do início de março, conforme acordado na Convenção Coletiva de Trabalho 2017-2018, feita ontem. “Ao reajustarmos acima da inflação, estamos demonstrando aos nossos colaboradores o quanto eles são importantes para o dia a dia do comércio. Ao mesmo tempo, nos ativemos à difícil realidade dos lojistas, considerando a grave crise econômica nacional. Creio que chegamos a um meio termo justo e positivo para ambas as partes”, sintetizou Charbel Tauil, presidente do Sindilojas.

“Isso em um primeiro momento vai sacrificar o caixa das empresas, mas logo se transformará em maior poder de compra da categoria e consequente aumento na circulação da moeda”, explicou Luiz Vieira, vice-presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Niterói.

O reajuste valerá para salários até R$ 2.500 e, segundo nota do Sindilojas Niterói, acima deste valor, fica livre a negociação entre empregado e empregador. Ainda de acordo com a nova convenção, a partir de 1º de março deste ano, o piso salarial fica estipulado em R$ 1.150, garantido a todos os integrantes da categoria profissional. Durante o período de experiência, para os empregados contratados temporariamente, ficou garantido piso salarial de R$ 937, ou o salário-mínimo federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =