Comerciantes de Tanguá vão ter aulas de Linguagem Brasileira de Sinais

A prefeitura de Tanguá, através da Escola de Qualificação Profissional Padre Cláudio Bourgeois (EQP), vai capacitar os comerciantes locais para que possam atender a comunidade surda. Por isso, a instituição vai oferecer aulas da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras). A medida tem foco na inclusão e ofertará, inicialmente, 20 vagas por turma, sendo uma por comércio.

Segundo o prefeito de Tanguá, Rodrigo Medeiros, o aprendizado de Libras é fundamental para o desenvolvimento nos aspectos social e emocional, não apenas do deficiente auditivo, mas também de todos que fazem parte do seu convívio.

“Isso inclui, obviamente, os comerciantes que devem se adaptar a um novo momento. Além disso, o domínio de libras pode ser um diferencial para o profissional no mercado de trabalho”, disse o prefeito.

As aulas estão previstas para serem iniciadas ainda esse mês e o comércio começará a ser convidado essa semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 7 =