Começa hoje o prazo para entrega do Imposto de Renda 2017

Geovanne Mendes

Se para muitos o carnaval foi só diversão, para outros o período de festa serviu para preparar a declaração do imposto de Renda 2017 (ano-base 2016), que pode ser enviado a partir de hoje. O documento precisa ser enviado à Receita Federal por pessoas físicas que obtiveram rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 no ano passado. O Fisco espera receber 28,3 milhões de declarações até o dia 28 de abril.

Este ano, a Receita fez algumas mudanças no programa do IR e uma delas é a atualização automática do programa. Isso significa dizer que, depois de baixado, se a Receita fizer algum ajuste no serviço, o programa vai perguntar ao contribuinte se ele quer fazer a atualização. Antes, isso não era avisado. Além disso, não será mais preciso baixar o programa de transmissão da declaração, conhecido como Receitanet. O contribuinte só precisará fazer um download, que pode ser obtido pela internet no endereço http://rfb.gov.br.

Uma outra novidade é a recuperação de nomes, assim que o contribuinte colocar o nome e o CPF na declaração, esse dado ficará armazenado para facilitar o preenchimento de outros campos. Também haverá mudanças na tela de identificação. O programa vai passar a pedir, de forma não obrigatória, um número de celular e um e-mail. Segundo a Receita, isso servirá para ampliação do cadastro. O eventual uso dos dados pelo Fisco só poderá ocorrer se houver autorização das pessoas físicas. Ano passado foram entregues 27,9 milhões de declarações e deste total 771.801 caíram na malha fina, ou seja, 2,76% dos contribuintes apresentaram algum problema na hora da entrega da declaração.

Desconto simplificado
O contribuinte continuará com a opção do desconto simplificado de 20% do valor dos rendimentos tributáveis na Declaração de Ajuste Anual, limitado a R$ 16.754,34 em substituição de todas as deduções admitidas na legislação tributária.
Penalidade pela não entrega

Quem não entregar a declaração no prazo será multado 1% ao mês de atraso, calculado sobre o valor do imposto devido na declaração, sendo essa multa limitada a 20%. A multa mínima de R$ 165,74 é apenas para quem estava “obrigado a declarar”, mesmo sem imposto a pagar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 5 =