Com Jesus em destaque, Verdão, Peixe e Fla dominam Troféu Mesa Redonda

Gabriel Jesus foi o grande destaque da 13ª edição do Troféu Mesa Redonda, que foi ao ar neste domingo em transmissão feita pela TV Gazeta, detentora do evento. Palmeiras, Santos e Flamengo, que terminaram entre os três mais bem classificados no Campeonato Brasileiro, respectivamente, dominaram a premiação.

Ao som de “Glória, glória, Aleluia”, o atacante de 19 anos subiu ao palco para receber o troféu de melhor jogador da competição nacional, além de ter sido escolhido para integrar o ataque da seleção do torneio ao lado do santista Ricardo Oliveira.

“Quero agradecer aos meus companheiros. Esse prêmio não é individual, é do time todo. Fico feliz de estar podendo viver esse momento, de realizar um sonho desde pequeno”, vibrou Jesus, que terminou o Brasileiro com 12 gols marcados. Protagonista no título palmeirense, ele defenderá o inglês Manchester City a partir de 2017. “Agora é curtir as férias aqui e chegar lá focado para me adaptar o mais rápido possível”, acrescentou.

Além de Gabriel Jesus, o Verdão teve outros quatro representantes na equipe considerada ideal pelos internautas. São eles: o zagueiro Yerry Mina, os meio-campistas Moisés e Tchê Tchê, e o técnico Cuca. O colombiano, inclusive, foi o autor do momento mais irreverente da cerimônia ao reproduzir sua famosa dancinha, com a qual comemorou seus quatro gols no Brasileirão.

Vice-campeão da Série A, o Santos ficou em segundo lugar no Troféu Mesa Redonda, com quatro atletas lembrados entre os melhores do torneio. O Flamengo também obedeceu a ordem da tabela e terminou na terceira posição, com três jogadores aclamados pelo público.

Jorge (Flamengo) e Zeca (Santos) protagonizaram um empate inédito na lateral esquerda, bem como Lucas Lima e o botafoguense Camilo na vaga de terceiro meio-campista. É o segundo troféu que vai parar na galeria do armador santista.

Já Willian Arão foi eleito o melhor primeiro volante, recebendo de maneira inédita o prêmio. “É uma honra estar aqui. Quando eu era criança – eu sou de São Paulo -, assistia muita a esse prêmio. É um sonho realizado estar aqui”, celebrou o atleta.

Em meio ao domínio de Palmeiras, Santos e Flamengo, um corintiano e outro gremista foram coroados na cerimônia. Fagner venceu pela segunda vez na lateral direita, enquanto Pedro Geromel foi o escolhido para formar dupla de zaga com Mina.

Dessa forma, a seleção do Troféu Mesa Redonda ficou assim: Muralha; Fagner, Mina, Geromel e Zeca/Jorge; Willian Arão, Moisés, Tchê Tchê e Lucas Lima/Camilo; Gabriel Jesus e Ricardo Oliveira. No comando técnico, Cuca, que havia prometido o título nacional à torcida palmeirense em abril, logo após a eliminação do Verdão no Campeonato Paulista.

Revelação
O prêmio de revelação do Campeonato Brasileiro, que pertencia a Gabriel Jesus, foi herdado pelo meio-campista Vitor Bueno, do Santos. Contratado junto ao Botafogo de Ribeirão Preto em julho de 2015 para integrar o time sub-23 do Peixe, o jovem atleta se firmou no elenco profissional e foi o destaque da equipe em 2016.

No Brasileirão, foi fundamental na campanha que levou a agremiação da Baixada de volta à Copa Libertadores após quatro anos, terminando o torneio nacional como vice-artilheiro do Santos, com 10 gols.

Homenagens

A festividade ainda contou com uma série de homenagens. Na forma de um vídeo, o Troféu Mesa Redonda lembrou as vítimas do acidente que envolveu o avião da Chapecoense, na Colômbia – 19 jogadores morreram, além de dirigentes e membros da comissão técnica.

Já Gabriel Jesus e Zeca foram saldados pela inédita medalha de ouro da Seleção sub-23 do Brasil nos Jogos Olímpicos, que foram realizados no Rio de Janeiro, em agosto.

O goleiro do Palmeiras, Jailson, e o atacante do Barcelona, Neymar, foram homenageados individualmente. O arqueiro de 35 anos esteve presente na cerimônia e recebeu uma placa da organização do evento, enquanto o camisa 10 da Seleção Brasileira mandou um recado via vídeo e teve seus melhores momentos na temporada reproduzidos nos telões do auditório.

Por fim, todos os palmeirenses presentes na premiação subiram ao palco para comemorar o título em uma homenagem coletiva do Troféu Mesa Redonda. “É uma satisfação muito grande de participar desta festa. Depois de muita dedicação e comprometimento de todos, nós conseguimos entregar alegria ao torcedor do Palmeiras”, vibrou o presidente Maurício Galiotte.

Abaixo, veja a lista de premiados no Troféu Mesa Redonda 2016:

Goleiro: Muralha (Flamengo)
Laterais: Fagner (Corinthians), Zeca (Santos) e Jorge (Flamengo)
Zagueiros: Yerry Mina (Palmeiras) e Pedro Geromel (Grêmio)
Meio-campistas: Willian Arão (Flamengo), Tchê Tchê (Palmeiras), Moisés (Palmeiras), Lucas Lima (Santos) e Camilo (Botafogo)
Atacantes: Gabriel Jesus (Palmeiras) e Ricardo Oliveira (Santos)
Técnico: Cuca (Palmeiras)
Revelação: Vitor Bueno (Santos)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 11 =