Com avanço da vacinação, UFF planeja volta das atividades presenciais

Mais de um ano com a maior parte das atividades acontecendo de maneira remota, o avanço da imunização para trabalhadores do setor da educação faz com que a Universidade Federal Fluminense (UFF) comece a planejar o retorno gradual de suas atividades presenciais. Cabe ressaltar que, embora ainda não haja uma data definida para que tudo esteja funcionando da mesma forma como antes da pandemia, alguns setores já começaram a retomar a modalidade.

Também há de se destacar que, este sábado (26), é o último dia para vacinação para profissionais da educação com mais de 18 anos. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Niterói, até o último dia 22, 13.660 trabalhadores da educação receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Com a segunda dose foram vacinadas 8 pessoas, o que corresponde ao período de retorno, considerando o intervalo entre as doses.

A UFF, em contato com a reportagem de A TRIBUNA, afirma que está atenta a todo cenário pandêmico e ao avanço da vacinação, além de possuir o possui o Grupo de Trabalho Covid, um grupo de especialistas, voltado para assessorar a administração nas tomadas de decisões em relação a estes temas. No atual momento, a universidade planeja um retorno híbrido para algumas áreas da Universidade.

Além disso, a instituição destaca que já retomou atividade presencial em alguns setores, como os estágios na área da saúde, algumas atividades de laboratório, internato, pós-graduação. Cabe ressaltar que os serviços essenciais que estão funcionando presencialmente desde o início da pandemia. Sendo assim, o retorno presencial acontece gradualmente e de acordo com as condições sanitárias.

No entanto, tanto a UFF prefere não projetar datas, visto que um eventual retorno está atrelado ao comparecimento das pessoas para a imunização com a segunda dose, além das condições sanitárias. Vale destacar que a volta já está autorizada, em Niterói. “De acordo com o Plano de Transição Gradual para o Novo Normal, as instituições de Ensino Superior podem retornar as atividades presenciais desde que sigam os protocolos sanitários”, afirma o Governo Municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 5 =