Colômbia vence o Senegal e avança na Copa

Foi no sufoco, mas a Colômbia conseguiu a sua classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo. Ontem, os sul-americanos conseguiram derrotar a equipe de Senegal pelo placar de 1 a 0 e passou na primeira colocação do Grupo H da Copa do Mundo.
Precisando de todas as formas o resultado positivo, a seleção colombiana conseguiu marcar apenas aos 28 minutos do segundo tempo com o zagueiro ex-Palmeiras e atualmente no Barcelona Yerri Mina subindo muito alto e testando firme.
A vitória garantiu para a Colômbia a classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo. Já Senegal deu adeus para a competição devido aos cartões amarelos.

A partida teve um ritmo forte nos seus primeiros movimentos. Com muitas movimentações no meio de campo, grande número de faltas nos primeiros lances chamou a atenção. Foi numa dessas infrações aliás que a Colômbia chegou com perigo pela primeira vez. Na tentativa, Quinteiro chutou no lado do goleiro, que conseguiu se recuperar no lance e realizar a defesa.
Precisando do resultado a Colômbia tinha uma maior posse de bola. No entanto Senegal era rápida e extremamente perigosa nos contra-ataques. Aos 16 minutos, os africanos conseguiram fazer uma bela trama ofensiva, e Mané foi derrubado na área por Davnson Sánchez. No primeiro momento, o árbitro Milorard Mazic anotou a penalidade. No entanto, após a consulta do árbitro de vídeo o juiz voltou atrás em sua decisão e anulou a infração.

Aos 24 minutos, a Colômbia criou uma das melhores chance do primeiro tempo. Após o cruzamento na área de Quinteros, Falcão Garcia subiu mais que a defesa adversária e ganhou a bola pelo alto. No momento da finalização porém a bola acabou passando por cima.
No entanto, a superioridade da Colômbia na partida sofreu um importante baque após o meia James Rodrigues pedir para ser substituído aos 30 minutos do primeiro tempo. Vale lembrar que o principal jogador da seleção colombiana já havia sido poupado da estreia da equipe na competição por um problema na panturrilha.

Na segunda etapa, a pressão colombiana foi ainda maior, já que o empate não servia naquele momento, porque o Japão empata com a Polônia no resultado parcial. Ao mesmo tempo que tentava trabalhar mais a bola no campo de defesa, os sul-americanos abriram mais espaço para os contragolpes senegaleses puxados sempre por Mané.

Aos 20 minutos, o meia Muriel finalizou firme aproveitando a sobra de um novo cruzamento. No entanto, a bola foi desviada por um defensor africano já dentro da pequena área.

Se Falcão Garcia conseguia subir mais que a defesa adversária porém errava no momento de cabecear, o zagueiro Mina resolveu o problema. Aos 28 minutos, Mina subiu mais que todo mundo e testou firme pro chão, sem chances para o goleiro africano.

Após o gol, a seleção senegalesa estava sem eliminada com os resultados parciais, por ter mais cartões amarelos que os japoneses.
Nos minutos finais, o panorama da partida se inverteu e quem abusou dos contragolpes foram os colombianos, porém sem grande sucesso. Por outro lado, os senegaleses tentavam atacar, porém não conseguiram furar a defesa colombiana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × cinco =