Colégio Raul Veiga terá Ensino para Jovens e Adultos em 2017

O Colégio Municipal Raul Veiga, na região serrana, permanece em 2017 com os ensinos Fundamental e Médio e passará a oferecer também o Ensino de Jovens e Adultos (EJA) diurno. A unidade conta com 302 alunos – 96 estudantes são do Ensino Médio. Reuniões entre representantes de alunos, profissionais e gestores escolares discutiram a nova proposta pedagógica pra o local.

Para assegurar a qualidade do processo educacional e contar com Ensino Médio de excelência, a proposta é implementar o Caderno de Planejamento para todos os 23 professores. A intenção da equipe gestora é que os registros com intervenções pedagógicas sejam incluídos no caderno durante os horários de planejamento.

De acordo com a diretora geral, Jane Parente, o material faz parte do projeto pedagógico do colégio, que visa melhor aproveitamento de todas as turmas. Todas as atividades propostas para 2017 são frutos do trabalho da equipe gestora, que neste ano letivo atuou com levantamento diagnóstico da escola.

O trabalho para o próximo ano letivo e a repaginação do Ensino Médio no Colégio Municipal Raul Veiga foram destacados durante uma reunião na terça-feira com a equipe gestora e Ana Paula Aguiar, representante da Secretária de Educação, Marilena Garcia. Participaram do encontro a adjunta, Daiane Vicente e a orientadora pedagógica da unidade, Georgina da Rocha.

Jane Parente pontuou que a intenção é contar com a maior participação e comprometimento dos alunos na frequência, aprovação e envolvimento em projetos relevantes. “O foco é o protagonismo juvenil, formação cidadã e envolvimento de todos os alunos, principalmente do Ensino Médio, que estudam no turno da noite”, comenta.

As novas medidas para o ano letivo de 2017 foram comemoradas em especial pelos estudantes do Ensino Médio, que continuarão estudando na unidade. Entre eles estão Sara Andrade, Amanda Pontes, Yasmin Berguerand e Otávio Castro. “Vamos estudar e participar pra valer das atividades ano que vem. Moramos em Glicério e trabalhamos de dia. Estudar perto de casa é muito bom”, conta Sara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − três =