Cláudio Lins faz apresentação única no Teatro da UFF

Em seu novo show, Estórias pra quem (ainda) olha pro céu, o ator, compositor e cantor Cláudio Lins aposta num tom intimista para contar estórias que ele conhece muito bem. Afinal, a maior parte do repertório é de canções compostas pelo artista para trilhas de peças musicais, novelas e cinema. No palco, o cantor aproveita seu lado ator e sutilmente encarna personagens que lhes são tão íntimos, enquanto traça um paralelo entre suas estórias e os dias atuais. O show está marcado para o próximo dia 13 às 20h no Teatro da UFF, em Icaraí.

Assim, o show abre com a canção Cegueira (do seu segundo álbum, “Cara”), composta a partir do livro “Ensaio sobre a cegueira”, de José Saramago. Como diz a letra, “Numa cidade afogada de pernas e braços…”, personagens se esbarram e trazem à tona suas diferenças e
semelhanças. Tá Boa, Santa? (composta para o premiado documentário “Dzi Croquettes”) fala da liberdade de ser “nem dama nem valete”. Mas esse pode ser um assunto chocante para Dona Matilde, personagem de Nelson Rodrigues: uma senhora alcoviteira e preconceituosa em Não foi o primeiro beijo (da trilha original de “O beijo no asfalto – o musical”).

A classificação etária é livre, os ingressos custam R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia-entrada). O Teatro da UFF fica na Rua Miguel de Frias, 9 em Icaraí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *