Claos Mózi no show no Arte na Rua

Em seis anos de atuação, o Arte na Rua já passou por diversos bairros, percorrendo de norte a sul o território de Niterói. Desde 2013, foram contempladas mais de 2 mil apresentações de música, teatro, dança, circo, em esquinas, praças, palcos e coretos da cidade. Com a pandemia causada pelo vírus da Covid-19 e a consequente pausa das atividades culturais, o projeto não chegou a iniciar em 2020, mas agora, com a flexibilização da pandemia, retoma suas atividades, acolhendo grupos e bandas de Niterói, em formato de lives, nas redes sociais @culturaniteroi, e transmitidas diretamente do Solar do Jambeiro ainda sem público presencial. Nasce o Arte na Rua – Novo Normal, que em seu projeto piloto segue em todos os fins de semana, até 08 de agosto.

Formado por Luiz Daniel Almeida (violão, dobro e mandolin), Francisco Falcon (violoncelo, viola caipira e contrabaixo) e Ayres D’Athayde (bateria e percussão), o #tbTrio convida, no domingo, 19 de julho, às 15h, o compositor e poeta Claos Mózi para um show que traz canções já gravadas de Claos, além de algumas inéditas, que comporão um disco que está por vir.

Fundado em 2019, o #tbTrio carrega em seu nome uma alusão à gíria popular, que nas redes sociais é usada para marcar fotos que se referem ao passado. Com a proposta de resgatar clássicos da música nacional e internacional que deixaram saudades, o #tbTrio apresenta um repertório exclusivo de canções dos Beatles em um tributo imperdível, relembrando as obras que influenciaram boa parte dos músicos por todo o mundo.

Mineiro, desde menino Claos Mózi tece sua relação com a música. Em Niterói, onde mora desde 2007, conheceu alguns músicos com quem formou, no mesmo ano, a banda Giras Gerais. Em 2013, teve duas de suas canções gravadas na voz de Julia Vargas: “Uirapuru Blues” e “Canção Camarada”. Em 2015, lançou os EPs “Ao Vivo Na Cantareira”, com a banda Alcachofra e, com o Giras Gerais, o virtual “Cacos De Caos”. Em 2016, outras quatro canções suas foram lançadas por Júlia em seu álbum “Pop Banana”, inclusive a faixa que dá título ao disco.

Arte na Rua – Novo Normal

Respeitando todas as normas e indicações de sanitização e segurança divulgadas pelos órgãos de saúde, a Secretaria Municipal das Culturas/Fundação de Arte de Niterói, além de produzir um conteúdo de altíssima qualidade para o público em isolamento, oferecerá aos grupos e bandas o material do seu show gravado para auxiliar na divulgação posterior dos seus trabalhos.

Entendendo o Arte na Rua – Novo Normal também como um projeto social, como forma de incentivar o gosto pela música e pensando em envolver de alguma forma, no projeto, as famílias do Morro do Palácio, comunidade vizinha ao Solar do Jambeiro, serão distribuídos Kits Culturais com temática musical para famílias com crianças até 5 anos. Os kits conterão 2 livros de alfabetização musical da série “O Mundo da Música”; livro de colorir e atividades com temática música e um conjunto de 5 instrumentos musicais para crianças como violão, flauta, tambor, chocalho e pandeiro. Uma forma afetiva de instruir, distrair e quem sabe incentivar futuros artistas da cidade.

E pra quem tá com saudades de curtir aquele show na companhia de amigos, em parceria com o site Live Party, as lives do Arte na Rua – Novo Normal serão gameficadas e trarão uma experiência inédita para o público: realizando um cadastro no site da Live Party (www.liveparty.com.br), o público poderá criar seu avatar e assistir ao show enquanto interage com outras pessoas, deixa recados no mural do evento e dança, virtualmente, durante a live.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × dois =