Circuito de ciclismo ‘PumpTrack’ será ampliado no Parque da Cidade

O grupo Niterói Biker’s vai entregar nessa semana um projeto de montagem de uma pista de ‘PumpTrack’ Parque Natural Municipal de Niterói (Parnit), o Parque da Cidade, em São Francisco. O circuito, que já existe em menor proporção, ganhará obras e intervenções para além de aumentar ter mais obstáculos. As intervenções no espaço, conhecido como Campinho, já começaram e contam com voluntários dos esportes de ciclismo como, bicicross, mountain bike downhill, mountain bike e o mountain bike olímpico e dirt jump, por exemplo.


Essa pista ‘PumpTrack’ já existe há cerca de 10 anos no Parque da Cidade e os atletas se movimentaram voluntariamente e construíram obstáculos. “Sou o fundador desse movimento voluntário para manutenção das pistas para a prática do esporte. Já temos uma clareira para essa ampliação no antigo Campinho onde as pessoas jogavam futebol no passado. Não fizemos a derrubada de nenhuma árvore. Existe um pequeno circuito em pequena proporção e vamos revitalizar ele e fazer um maior em volta. Precisamos de uma máquina para ajudar nessa montagem”, explicou o autônomo Bruno Padilha Tavares, 37 anos.

Tavares ainda destacou a importância do esporte em geral na economia e desenvolvimento da cidade e do cidadão como um todo. “Niterói já é um exemplo para o mountain bike nacional, só depende de nós mantermos e aumentarmos e melhorarmos nosso sistema de trilhas para atrair cada vez mais pessoas e turistas para nossa cidade. O esporte cresceu muito nos últimos anos. Esse esporte é uma experiência muito bacana e por isso a vontade de fazer uma pista com níveis internacionais com regras de utilização”, frisou.

De acordo com o Portal Zoom Bike Park o Pump Track é um tipo de pista que consiste em percurso com ‘lombadas’ ou ‘rollers’, que possibilitam a aceleração da bicicleta sem o uso dos pedais. A técnica de Pump ajuda na consciência corporal para se adaptar às condições do terreno, absorvendo impactos e promovendo aceleração com menor energia nas trilhas. Os atletas consideram o Parque da Cidade como um grande polo de mountain bike do Estado do Rio de Janeiro e Niterói tem muitos adeptos do esporte que chegam a competir internacionalmente.

AUMENTO NO USO DAS BIKES

E não só os adeptos do esporte que envolvem bicicletas aumentaram. As vendas das ‘magrelas’ para uso esportivo e como meio de transporte também está em alta. O empresário Cláudio Santos, que é dono de uma tradicional loja de bicicletas em Niterói, contou que no seu estabelecimento as vendas em maio e junho aumentaram cerca de 80% no comparativo com os dois meses de 2019. “As pessoas estão optando pela bicicleta como meio de transporte para evitar as aglomerações no transporte coletivo. Também pelo período do isolamento as pessoas estão optando pela bicicleta para fazer atividade física. É ótimo sair um pouco do computador e da tecnologia e trabalhar a saúde corporal, mental além de ter contato com a natureza e no ar livre”, frisou.

O também conselheiro fiscal da Confederação Brasileira de Ciclistas explicou que o Parque da Cidade é um celeiro de atividades que envolvem o ciclismo. “Isso é maravilhoso para o município pois desenvolvemos o esporte, o turismo na cidade e movimenta o local”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + quinze =