Cinema Icaraí: projeto de restauração avança a passos lentos

Prestes a completar um mês após a última vistoria, no próximo dia 27, o processo de restauração do Cinema Icaraí está caminhando em passos lentos. A magnitude do serviço impõe mais tempo para as adaptações e o Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac) garantiu que o prazo para a Empresa Municipal de Moradia, Urbanismo e Saneamento (Emusa) apresentar o projeto ao Instituto é até dia 28 de fevereiro de 2022. A última inspeção do instituto foi realizada no dia 27 de julho.

O secretário municipal das Culturas de Niterói, Leonardo Giordano, explicou que o processo ainda não está na pasta de Cultura nesse momento. Questionado sobre alguma movimentação que envolve o Cinema Icaraí ele contou que o processo vai demorar. “Está sendo feito o projeto e adequações sugeridas pelo Inepac. Esse processo não está na Cultura nesse momento”, resumiu.

O Inepac divulgou que participou de audiência especial de conciliação, no dia 21 de junho, sobre o Cinema Icaraí juntamente com o Ministério Público Federal (MPF), Universidade Federal Fluminense (UFF) e a administração municipal. Nesse encontro, ficou estabelecido prazo até 28 de fevereiro de 2022 para a Emusa apresentar o projeto para o Inepac.

A restauração do saudoso Cinema Icaraí inclui recomendações do Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac) e do Departamento de Preservação do Patrimônio Cultural (Depac). As recomendações desses dois órgãos darão origem ao projeto técnico. O MPF e UFF não se manifestaram sobre o andamento das intervenções no Cinema Icaraí e nem sobre a reunião até o fechamento dessa edição.

A Emusa informou que na audiência foi discutida a execução do projeto básico de restauração da fachada e revitalização interna, atendendo às exigências indicadas pelo Inepac. Vale destacar que a reforma é um trabalho minucioso que envolve o restauro do prédio, preservando suas características originais, com revitalização das fachadas, recomposição dos pisos, paredes e tetos, e também das esquadrias, instalações elétricas, hidráulicas e de transmissão de dados. O cronograma de desenvolvimento do projeto de restauração do imóvel sofreu alteração em função da pandemia do coronavírus, já que a maioria dos recursos municipais foi destinada prioritariamente aos investimentos para ampliação da rede de saúde e também para o desenvolvimento de programas para mitigação dos impactos sociais e econômicos provocados pela pandemia.

HISTÓRIA – O Cinema Icaraí é tombado pelo Inepac e contará com sala de espetáculos com 300 lugares, cinema, duas salas de projeção, além de abrigar a sede da Orquestra Sinfônica da UFF. O projeto contará também com salas de ensaio e quatro restaurantes (um no térreo e três no novo terraço do prédio). Além disso a fachada será revitalizada além de pisos, paredes e a tradicional escada. O Cinema é da Universidade Federal Fluminense (UFF) mas foi cedido, através de um Termo de Cessão de Uso, para a Prefeitura de Niterói. O espaço será gerido pela prefeitura para fins exclusivamente culturais com tempo de cessão de 40 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × três =