Cinema de graça em Búzios

A cidade de Búzios recebe, em seu 22° ano, o Búzios Cine Festival, realizado até domingo (27). Mais uma vez haverá uma seleção de filmes inéditos no Gran Cine Bardot e sessões populares no cinema ao ar livre. O público poderá assistir aos filmes no Gran Cine Bardot, retirando os ingressos 30 minutos antes das sessões.

Na abertura do Festival, hoje, foi selecionado o longa-metragem argentino “O Cidadão Ilustre’ de Gastón Duprat e Mariano Cohn e estrelado por Oscar Martinez, Dady Brieva e Andrea Frigerio. O filme, exibido em pré-estréia no Búzios Cine Festival, foi o grande sucesso na Argentina e é a indicação do cinema Argentino para o Oscar. O filme terá uma sessão aberta ao público no encerramento do Festival, que acontecerá domingo.
Também é destaque desse ano o filme O Filho Eterno, de Paulo Machline, produzido pela RT Features, com Marcos Veras e Débora Falabella, uma emocionante história, adaptada do livro de mesmo nome e que se tornou um grande sucesso no teatro.

A seleção é composta por “O Ídolo”, de Hany Abu-Assad; “Capitão Fantástico” dirigido por Matt Ross, estrelado por Viggo Mortensen e produzido pelo brasileiro Rodrigo Teixeira; “Invasão Zumbi” de Sang-Ho Yeon; “Eu, Daniel Blake”, filme premiado no Festival de Cannes e dirigido por Ken Loach; e “Neruda”, de Pablo Larraín.

Chegando a seu 15º ano, o Show Búzios novamente afirma a importância do encontro entre exibidores e distribuidores do país. As exibições programadas nas praças Santos Dumont levam filmes populares do cinema para o público ao ar livre, unindo a população de Búzios em noites de muito cinema e diversão. A grade desse ano tem os filmes “Zootopia”, animação dirigida por Byron Howard e Rich Moore e com vozes de Jason Bateman, Ginnifer Goodwin e Idris Elba; “Apaixonados – O Filme”, de Paulo Fontenele, com Nanda Costa, Raphael Viana, Roberta Rodrigues e João Baldasserini; “Divertidamente”, vencedor do Oscar de Melhor Animação, com vozes de Amy Poehler, Bil Hader e Mindy Kaling, e “Um Suburbano Sortudo”, um dos grandes sucessos do cinema brasileiro esse ano, estrelado por Rodrigo Sant’Anna e Carol Castro.

22 anos do Gran Cine Bardot
O Cine Bardot inaugurou na noite do primeiro Festival de Cinema de Búzios, um ano antes da emancipação, quando a cidade ainda pertencia à Cabo Frio.

Pelo cine e Festival já passaram muitas pessoas de peso no mercado cinematográfico, com filmes excelentes. É no festival que acontece o Show Búzios, um evento que reúne há 15 anos os principais profissionais de cinema dos setores de exibição e distribuição no Brasil, que acontece no final de novembro de cada ano.

Durante esses dias, os distribuidores apresentarão seus principais filmes, inéditos, para a temporada de férias e Oscar, além de outros lançamentos para 2017.

“Sempre temos a sorte de receber bons filmes argentinos como O filho da noiva, Nove Rainhas, O segredo dos seus olhos e este ano teremos “O cidadão ilustre”. Estes são filmes que levaram a Argentina ao Oscar e este ano o país será representado pelo ator Oscar Martinez. O filme é muito bom e por isso escolhi para abrir o festival deste ano”, conta Mário Paz, o argentino que construiu o cinema por amar as telonas e querer ter essa qualidade de vida na península.

Como a abertura do festival é dentro do cinema e o espaço é limitado, o filme será também exibido no estacionamento da prefeitura, no dia seguinte, aberto ao público. O cinema na praça este ano foi patrocinado pela Pro-Lagos.

O Cine Bardot tem um circuito próprio e único com filmes de qualidade, que fazem pensar e têm um conteúdo com características particulares e especiais, não apenas comerciais.

Existe um projeto para ampliar o cinema e assim ter uma sala maior e com mais qualidade em outro local junto a um centro cultural, mantendo sempre o glamour do Gran Cine Bardot no mesmo lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *