Cineasta é morto a facadas no Rio

O codiretor do longa “Cinco vezes favela — agora por nós mesmos”, Cadu Barcellos, de 34 anos, foi morto a facadas no Centro do Rio, durante a madrugada de ontem (10). O cineasta trabalhou também no conhecido canal do Youtube Porta dos Fundos como assistente de direção. A vítima teria saído da Pedra do Sal, no Santo Cristo, junto de uma amiga e na saída do metrô da Avenida Presidente Vargas com a Rua Uruguaiana, no Centro, sido atacada por volta das 3h 30 em um possível assalto. Ele faleceu no local e deixa uma esposa e dois filhos. O caso é investigado pela Divisão de Homicídios da capital. O corpo do cineasta foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) do Centro.

O filme “Cinco Vezes Favela” foi exibido em Cannes em 2010. O profissional trabalhou junto de Gregorio Duvivier, no programa “Greg News” como assistente de direção. Estão em sua carreira também a diretoria artística do grupo No Lance e a participação na equipe de pesquisa do documentário “Favela Gay”, no ano de 2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 − 4 =