Cientista Vital Brazil Mineiro da Campanha completaria 156 anos

Na quarta-feira (28), seria o dia de aniversário de 156 anos do cientista Vital Brazil Mineiro da Campanha (1865-1950), que fundou o Instituto Vital Brazil (IVB), em Niterói. O centro de pesquisa é um dos grandes nomes da história da ciência e da saúde, e um dos quatro produtores de soro antiofídico do País. Mas seu feito na história vai além do soro antiofídico, e desde o ano passado, a fundação trabalha no estudo do plasma em cavalos para ajudar no combate a Covid-19.

O neto de Vital Brazil, o historiador Érico Vital Brazil, contou que as histórias da família o aproximam do sanitarista referente em todo o mundo. “A família é muito grande e é uma história contada desde o nascimento de todo mundo. É uma memória que atravessa gerações e sempre todo mundo comenta. Ele sempre foi um homem muito ligado à família e agregador e isso se mantém ao longo das gerações”, contou.

Érico disse que nos grupos de conversa da família, tios, primos e sobrinhos sempre conversam sobre a pandemia da Covid-19 e o nome do seu avô é sempre citado. “Ele criou a vacina BCG, viveu surtos epidemiológicos, como a peste bubônica, a gripe espanhola, e a febre amarela. Sempre falamos com saudosismo que se nosso Vital Brazil estivesse vivo, as pesquisas estariam mais avançadas. Homens como ele, comprometidos com a saúde coletiva, estariam empenhados para que esse quadro no Brasil pudesse se revertido”, frisou. “Ele fundou o Butantan, em São Paulo e depois fundou o instituto em Niterói. O trabalho dele abriu muitos estudos e ele é um orgulho para todos nós”, completou.

Vital Brazil teve 18 filhos, 54 netos, mais de 200 bisnetos e mais de 100 trinetos. “Ele era pai do meu pai e hoje somente dois filhos estão vivos, uma tia com 99 anos e um tio com 90 anos. O legado que ele deixou é muito além da família. Ele deixou um legado para o mundo”, finalizou Érico que administra há 14 anos um pequeno museu que reúne parte do acervo do seu avô, chamado Casa de Vital Brazil, que fica em Campanha, no Sul de Minas Gerais.

O IVB é um dos quatro centros de pesquisas no país dividindo a ciência apenas com o Instituto Butantan (São Paulo), Fundação Ezequiel Dias (Minas Gerais) e Centro de Produção e Pesquisa de Imunobiológicos (Paraná). “A importância do cientista Vital Brazil para a ciência está diante de nossos olhos: os dois institutos erguidos por ele – o Instituto Vital Brazil, aqui em Niterói, e o Butantan, em São Paulo – são instituições de ponta na pesquisa e produção de vacinas e soros para a sociedade brasileira, inclusive na luta contra a pandemia de Covid-19”, finalizou Karina Belfort, vice-presidente e presidente interina do IVB.

HISTÓRIA

O IVB foi criado em 3 de junho de 1919, em Niterói, fundado pelo cientista Vital Brazil Mineiro da Campanha (1865-1950). No decreto que o oficializou, o laboratório foi nomeado Instituto de Higiene, Soroterapia e Veterinária. No entanto, desde o primeiro dia de funcionamento, os funcionários do Instituto recusaram o nome oficial e batizaram o novo centro como “Instituto Vital Brazil”, nome que permanece até hoje em homenagem ao fundador.

Vital Brazil escolheu vir a Niterói a convite do presidente do Estado do Rio de Janeiro daquela época, Raul de Morais Veiga. Naquela época, o Instituto localizava-se na Rua Gavião Peixoto, 360, em Icaraí. Fabricava produtos veterinários, biológicos (soros e vacinas) e farmacêuticos. No entanto, desde sua fundação, Vital Brazil sempre baseou as atividades do Instituto não apenas em produção, mas em pesquisa e formação. Em 1920, o Instituto Vital Brazil iniciou oficialmente atividades na antiga Olaria Santa Rosa, local aonde se encontra até hoje. Ao redor da ex-Olaria, nasceu o tradicional bairro Vital Brazil, na zona sul de Niterói. Neste mesmo ano, Vital Brazil instala em dez cidades do interior do Brasil postos antiofídicos, para facilitar aos interioranos o acesso à informação e a coleta de animais.

Raquel Morais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − dez =