Cidades realizam campanha de vacinação contra o sarampo

Niterói e Itaboraí iniciam hoje a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. A iniciativa é uma estratégia para intensificar a imunização na faixa etária de 6 a 11 meses, bem como a atualização da caderneta de vacinação de crianças de 1 a 4 anos 11 meses e 29 dias. O Dia D será realizado no sábado, dia 19, das 8h às 17h. Em Niterói, haverá a mobilização de 550 profissionais de saúde em 54 salas de vacina.

Durante a semana, todas as Policlínicas Regionais, Unidades Básicas de Saúde e Módulos do Programa Médico de Família estarão vacinando, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O público alvo da campanha são as crianças de 6 meses até 4 anos 11 meses e 29 dias.

“É importante que os pais levem a Caderneta de Vacinação de seus filhos para possibilitar a avaliação da situação vacinal, sendo a vacina a única maneira de proteger os menores do sarampo”, destaca a secretária de Saúde, Maria Célia Vasconcellos.

Em Itaboraí, a Campanha de Vacinação acontecerá em duas etapas em todas as 38 unidades de saúde do município, incluindo as USF (Unidade de Saúde da Família); UBS (Unidade Básica de Saúde); Policlínica de Especialidade Médicas Vereador José de Oliveira Filoco, em Manilha e o Hospital Estadual Tavares de Macedo.

A primeira etapa acontece entre os dias 7 e 25 de outubro, com o Dia D de mobilização nacional em 19 de outubro (sábado). E será destinada a crianças não vacinadas na faixa etária de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias.

Já a segunda etapa acontecerá entre os dias 18 a 30 de novembro, com o Dia D de mobilização nacional em 30 de novembro. E será destinada para adultos jovens não vacinados, na faixa etária de 20 a 29 anos, 11 meses e 29 dias.
No primeiro Dia D, em 19 de outubro, as unidades de saúde funcionarão de 8h às 12h, exceto o Posto de Saúde Prefeito Milton Rodrigues da Rocha, no Centro; a Policlínica de Especialidade Médicas Vereador José de Oliveira Filoco, em Manilha e as Unidades de Saúde de Itambi, Porto das Caixas; Visconde; Agrobrasil; Cabuçu e Pacheco, que funcionarão das 8h às 17h.

No segundo Dia D, em 30 de novembro, todas às Unidades de Saúde funcionarão das 8h às 17h. Por se tratar de uma campanha seletiva e de intensificação, é necessário o comparecimento às Unidades de Saúde portando o cartão de vacinação.

O secretário municipal de Saúde, Júlio César Ambrósio destacou que a vacinação é a estratégia mais importante para evitar surtos das doenças, e que as vacinas estão disponíveis gratuitamente em todas as USFs do município.
“Vale ressaltar que a campanha é seletiva, para crianças e adultos jovens não vacinados e dentro da faixa etária preconizada pelo Ministério da Saúde”, disse o gestor da pasta, destacando que a meta do município é vacinar 95% de cobertura.

Prevenção
O sarampo é uma doença infecciosa exantemática aguda (irritação na pele que se espalha pelo corpo), transmissível e extremamente contagiosa, podendo evoluir com complicações graves e óbito. A transmissão ocorre de pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias.

Atualmente o Ministério da Saúde recomenda a vacinação contra o sarampo para crianças de 6 a 11 meses de idade, com uma dose da vacina tríplice viral (dose D), devendo a vacina ser novamente aplicada aos 12 meses (dose 1) e aos 15 meses (dose 2).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *