Cidades do Sul Fluminense vão ganhar unidades habitacionais

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Obras anunciou a construção de unidades habitacionais em Resende, Itatiaia, Rio Claro e Barra Mansa, além das obras do Restaurante Cidadão de Barra Mansa, que devem começar em outubro.

O foco da secretaria na região é o Programa De Casa Nova, que tem como proposta a construção de moradias dignas para moradores de áreas de risco, reforma de conjuntos habitacionais e entrega do título de propriedade a moradores de unidades habitacionais entregues pelo Estado nos últimos anos. O projeto-piloto para a construção de casas será em Itatiaia, com cem unidades, no bairro Nova Conquista.

“Apresentamos o projeto para a construção das 100 casas e estamos na expectativa de fazer essa licitação agora em setembro. São muitos investimentos nessa área de habitação para levar uma moradia digna para famílias que hoje estão em áreas de risco e ajudar as prefeituras com seu déficit habitacional”, disse o secretário Bruno Kazuhiro.

Além das unidades de Itatiaia, o secretário visitou as obras das 64 apartamentos do Conjunto Habitacional da Cehab, no bairro Barreira do Olaria; conheceu o terreno do bairro Siderlândia, em Barra Mansa, e em Rio Claro, onde a Subsecretaria de Projetos prepara o desenho dos empreendimentos. Em Rio Claro, além de reiterar a construção do Conjunto Habitacional, que terá 24 casas, ficou acertado o envio de materiais para ajudar na manutenção de estradas vicinais.

Segundo o secretário, a expectativa é de que, após o início das obras, o restaurante popular de Barra Mansa seja entregue à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos em 30 dias. A recuperação dos restaurantes como espaços de refeição de qualidade para a população foi um pedido pessoal do governador Wilson Witzel.

“Sabemos da importância dos restaurantes para a oferta de alimentação de qualidade a preço acessível para as populações mais vulneráveis. Esse é um projeto que estamos desenvolvendo com muito carinho, para entregar um espaço dentro dos protocolos do novo normal”, afirmou o secretário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 2 =