Cidade sedia Seminário Internacional de Treinadores de Taekwondo

Durante três dias, Itaboraí foi sede do 1º Seminário Internacional de Treinadores de Taekwondo. O evento, promovido pela Academia Diego Taekwondo Team, com apoio da Prefeitura de Itaboraí, por meio da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Turismo ocorreu entre os dias 26 e 28 de maio no auditório do Colégio Estadual Visconde de Itaboraí (Cevi), no Centro.

O seminário contou com a palestra do ex-técnico da seleção Bélgica de Taekwondo e atual chefe dos técnicos da seleção argentina da modalidade esportiva, Leonardo Gambluch. Ressaltando diversos assuntos sobre o esporte e sua técnica de trabalho, Gambluch mostrou ainda seus títulos conquistados como treinador.

“Este seminário é uma grande oportunidade de mostrar que o Brasil tem muitos treinadores e atletas bons. O Diego Ribeiro é uma prova disso, mas podemos sempre aprender mais e mais. Na Europa, a situação geográfica ajuda na troca de experiência dos atletas, visto a proximidade entre os países”, destacou Leonardo Gambluch.

Com aproximadamente 30 inscritos, entre atletas e técnicos de Taekwondo de vários estados do Brasil, como São Paulo, Minas Gerais e Pará, a programação contou ainda com a participação da medalhista olímpica e campeã mundial, Natália Falavigna; o treinador Diego Ribeiro e a atleta itaboraiense Iris Tang Sing, medalhista pan-americana e mundial.

Um dos organizadores do evento, Diego Ribeiro agradeceu pelo apoio dado ao seminário e ao projeto social (Projeto Iris), que ele desenvolve no bairro de Porto das Caixas, com aproximadamente 100 alunos entre 6 e 17 anos, com aulas de Taekwondo.

“É uma honra poder organizar este seminário na cidade que eu nasci e moro. Uma forma de ajudar o Brasil a desenvolver o esporte no país e no estado do Rio de Janeiro. Aos treinadores e atletas, o intuito é capacitá-los tecnicamente e promover uma integração entre os mesmos”, frisou o técnico da seleção brasileira de Taekwondo, Diego Ribeiro.

Dentre os temas abordados no seminário estavam o uso das novas regras e novas técnicas; explanação sobre o funcionamento e testes no colete eletrônico; treino de rounds com os coletes eletrônicos e outros.

O professor de Taekwondo e faixa preta – 3º Dan, Érico Soares, elogiou a iniciativa do Diego e o apoio da Prefeitura. “Soube do evento através das redes sociais, que para mim é um dos maiores meios de comunicação. E logo que soube da programação, quis me inscrever. Conheço o trabalho do técnico Leonardo Gambluch, suas histórias, referências e revelação de atletas de sucesso. Espero aprender o caminho que ele usou e usa, e tentar levar isso para os meus alunos”, disse Érico, que é professor da Academia Soares Team, no Maracanã, Rio de Janeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *