Chefe do tráfico oferece R$ 20 mil a policiais e acaba preso em Niterói

Apontado como uma das lideranças do tráfico em Niterói, o criminoso conhecido como “Dudu do Boa Vista” foi preso em flagrante, ao tentar subornar policiais da Operação Segurança Presente. De acordo com os agentes, ao ser abordado, o homem, que estava armado, teria oferecido R$ 20 mil para que os agentes o liberassem.

A abordagem aconteceu na noite desse domingo, na Rua Benjamin Constant, próximo ao Degase, no Barreto, Zona Norte de Niterói. Os policiais afirmam terem recebido denúncia de uma vítima, que foi roubada nas proximidades do local. Os agentes montaram um cerco e abordaram um carro suspeito.

O ocupante do automóvel era Dudu, que possui dez anotações criminais por crimes como homicídio, tráfico e roubo. Ao reconhecê-lo, os policiais o conduziram à 76ª DP (Niterói), central de flagrantes para a região. No entanto, no trajeto até a distrital, os policiais afirmam que o traficante tentou suborná-los.

Os policiais relataram, que Dudu ofereceu R$ 20 mil aos policiais, quantia que “em poucos minutos estaria em ele”, em troca de ser liberado. Os agentes não aceitaram e também autuaram o criminoso por tentativa de suborno. É importante ressaltar que, na ação, foi apreendida uma pistola Glock calibre 40 com o acusado.

Além disso, os agentes encontraram, em revista, R$ 1,3 mil em espécie e um relógio Invicta dourado. Todo o material foi apreendido, assim como o carro usado pelo traficante. Os policiais apuraram que, atualmente, Dudu estava chefiando a organização criminosa que coordena o comércio ilegal de entorpecentes na Coronel Leôncio, dentro do Complexo do Santo Cristo, na Zona Norte de Niterói.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − onze =