Chefe do tráfico do Caramujo é preso no Alemão

Apontado como o chefe do tráfico de drogas na Comunidade do Caramujo, na Zona Norte de Niterói, Igor Cristiano Santos de Freitas, conhecido como Di Revólver, foi preso na tarde de segunda-feira (02), no Complexo do Alemão no Rio. Antes de ser preso – por policias militares da UPP e policiais civis – houve intensa troca de tiros entres os agentes e traficantes.

De acordo com o comando da PM, a ação para localizar o traficante começou logo cedo pela manhã, mas por conta da difícil geografia, ele só foi encontrado no início da tarde em uma residência na Rua Tegucigalpa, no acesso a localidade conhecida como “Campo das Casinhas”, na comunidade do Rio de Janeiro. Após o intenso tiroteio os policias conseguiram prender “Di Revólver”.

Além de ser apontado como o líder do tráfico na comunidade do Caramujo em Niterói, após a prisão Tinenem, Igor Cristiano era procurado por ser suspeito de assassinar o Cabo da Polícia Militar, Rodrigo Paes Leme com um tiro de fuzil no peito quando fazia patrulha na Favela Nova Brasília, em 2014.

Em 2007, Igor foi preso, no Morro do Adeus, no Complexo do Alemão, em flagrante durante uma operação da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) com um fuzil. Na ocasião, o policial civil Eduardo Henrique de Matos, de 35 anos, que estava dentro de um helicóptero da Polícia Civil, morreu após levar um tiro na cabeça. Igor ficou preso até agosto de 2011, quando foi inocentado pelo homicídio do agente e por quatro tentativas de homicídio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + quinze =